Com Rogério Ceni não confirmado no cargo para a temporada 2021, as últimas informações do Flamengo dão conta de que Felipão entrou no radar do clube para comandar o time na próxima temporada.

Rogério Ceni só fica com título do Brasileirão

O atual comandante técnico do Flamengo está na corda bamba e sua permanência a frente da equipe flamenguista está alinhada a conquista do título nacional; caso contrário, não deverá permanecer para a temporada 2021.

Felipão na mira

Com forte disputa pelo título nacional entre quatro times hoje - os mesmos que compõem o "G4", o Flamengo que ocupa até aqui a vice-liderança na tabela de classificação ao lado do São Paulo, com 58 pontos, está a quatro do Internacional - líder da competição (o Atlético-MG é o outro). Por conta dessa disputa e das dificuldades que hoje são impostas ao time carioca, a direção deste, em silêncio, vem monitorando o mercado de treinadores e um desses seria Luiz Felipe Scolari - que deixou o Cruzeiro recentemente.

A favor do técnico tetra campeão pela Seleção Brasileira, conta a experiência e sua vocação de unir grupos de jogadores em torno de um único objetivo; isso sem falar em seu currículo vencedor. Além de Felipão, outro que fora ventilado nos corredores da Gávea, foi Vanderlei Luxemburgo, atual comandante técnico do Vasco.

Ordem de esconder essas informações até o final do Brasileirão

A ordem era manter essa informação em sigilo, porém, entre dirigentes e conselheiros do Flamengo existem relações próximas que impedem "segredos" de algumas informações.

Sem ter seu nome revelado, um desses informou ao site "Terra" que o Flamengo só não demitiu Rogério Ceni ainda, em razão da alteração do calendário provocada pelo Coronavírus.

"Se nós estivéssemos neste momento na pré-temporada, como era o habitual, já tínhamos mudado tudo. Mas com o Brasileirão 2020 em andamento, a cautela fala mais alto. Até para que não seja cometido novos erros na contratação do treinador", declarou essa fonte que não teve sua identidade revelada, mas que tem trânsito livre nos corredores da Gávea.