O Flamengo tem dias decisivos para o seu futuro nas próximas temporadas. Mais do que encaminhar o planejamento e o seu calendário dentro de campo, fora dele a situação dos cofres do clube rubro-negro pode melhorar e muito. Com a janela de transferências dos principais centros do futebol do exterior ativos, vários jogadores do Flamengo estão sendo cobiçados.

Desde titulares absolutos até jogadores emprestados, o Flamengo vive momentos decisivos para as vendas de jogadores do atual plantel. E, justamente por isso, iremos atualizar você sobre a situação de cada um dos cotados para deixar (ou não) a Gávea nos próximos dias.

Veja a situação de cada um dos jogadores do Flamengo no mercado

Yuri César

Anteriormente cedido ao Fortaleza, por empréstimo, o jovem atacante é o que tem a situação mais encaminhada. Aos 20 anos de idade, o jogador está muito próximo de se transferir ao Al Shabab, dos Emirados Árabes, por uma quantia de aproximadamente 6 milhões de dólares (cerca de R$31 milhões).

Além do valor, o Flamengo ficará com 20% do percentual de uma venda futura. Ainda na transação, o Fortaleza receberá R$1,1 milhão por ter sido "vitrine" do atacante. O novo contrato de Yuri César com o Al Shabab terá validade de cinco anos, e o anúncio oficial deve acontecer a qualquer momento.

Yuri César estava emprestado ao Fortaleza. (Foto:Reprodução)
Yuri César estava emprestado ao Fortaleza. (Foto:Reprodução)

Michael

Tido por muitos como a contratação mais decepcionante da temporada do Flamengo, o atacante Michael também tem grande chance de ser negociado. Nesse caso, o clube interessado é o Al Ain, também dos Emirados Árabes, que já fez duas propostas de empréstimo, mas com cifras diferentes:

  • Primeira oferta: 1 milhão de euros (R$5,36 mi) - RECUSADA
  • Segunda oferta: 1,25 milhão de euros (R$8,14 mi) - EM ANÁLISE
  • Oferta pedida pelo Flamengo: 1,5 milhão de euros (R$9,77 mi)
    *Todas as ofertas com passe fixado em 12 milhões de euros (R$78,13 milhões)

Pelo desejo dos árabes em contar com Michael, o Flamengo entende que seu pedido deve ser atendido. Além disso, o rubro-negro tenta definir uma cláusula de compra obrigatória após o fim do empréstimo de 6 meses. A cláusula traria 12 milhões de euros ao clube. A tendência é de que o negócio tenha desfecho positivo.

Michael não rendeu o esperado no Flamengo, e deve ir ao mundo árabe. (Foto:Reprodução)
Michael não rendeu o esperado no Flamengo, e deve ir ao mundo árabe. (Foto:Reprodução)

Léo Pereira

Muito criticado pelas falhas, o zagueiro Léo Pereira é o que tem a situação mais "difícil" em termos de saída. Tendo o Besiktas, da Turquia, como interessado, o defensor já manifestou à diretoria o seu desejo de ir ao futebol europeu, cuja proposta é de empréstimo. O tempo de empréstimo é o principal impasse.

O Flamengo propôs empréstimo até o fim de janeiro de 2022, enquanto o clube turco pretende ficar com o jogador até o fim da temporada 21/22 (entre junho e julho). Há a possibilidade de um empréstimo de apenas 6 meses, sem valor de passe fixado.

Em termos financeiros, o Flamengo espera receber 1,5 milhão de euros (R$8 milhões), pelo empréstimo. O valor é considerado alto pelos turcos, que avalia outros nomes caso o rubro-negro não melhore as condições.

Léo Pereira manifestou desejo de sair ao Besiktas, da Turquia. (Foto:Reprodução)
Léo Pereira manifestou desejo de sair ao Besiktas, da Turquia. (Foto:Reprodução)

Éverton Ribeiro

Por fim, chegamos no caso mais complicado e impactante desta janela. O ídolo e camisa 7 do Fla tem proposta em mãos do Al Nassr, da Arábia Saudita, e tratam o jogador como principal prioridade no mercado brasileiro.

Com a primeira proposta de 7 milhões de euros (R$41 milhões), o Flamengo não negou, mas entende que pode pedir mais por uma das estrelas de seu time. Por isso, o rubro-negro pede 10 milhões de euros (R$65,2 milhões), e o time árabe tem cerca de 24 horas para aceitar ou não a contraproposta.

Vale lembrar que Flamengo e Al-Nassr conversam sobre a negociação desde agosto de 2020. Na ocasião, a proposta foi de 4 milhões de euros, que foi prontamente recusada pelo Flamengo.

Com proposta salarial milionária, Éverton Ribeiro pode trazer 10 milhões de euros ao Flamengo. (Foto:Reprodução)
Com proposta salarial milionária, Éverton Ribeiro pode trazer 10 milhões de euros ao Flamengo. (Foto:Reprodução)

Depois, em janeiro deste ano, a mesma proposta foi feita, e o Flamengo propôs 6 milhões de euros + 2 milhões de euros em metas. Os clubes assinaram uma carta com 72 horas de duração, e que era não vinculativa, mas que simbolizava um princípio de acordo.

Com as vendas de Lincoln e Yuri César, e com dinheiro nos cofres, o Flamengo voltou atrás, e pediu mais para vender o camisa 7. Agora, o rubro-negro exige 7 milhões de euros + 3 milhões de euros em bônus.

O jogador aceitou a proposta dos árabes, mas deixou nas mãos da diretoria do Flamengo a decisão de negociá-lo ou não. Os árabes tem até a próxima quinta-feira para dar o ok e contratar Éverton Ribeiro, que viajou para Porto Alegre para enfrentar o Grêmio no mesmo dia.

Meta do Flamengo em vendas é alta

Conforme estipulado pelo Flamengo, a meta de vendas de jogadores no ano de 2021 é de R$167 milhões. Se negociar Yuri César, Michael, Léo Pereira e Éverton Ribeiro, o clube passará do valor estipulado, já que Lincoln já foi negociado por 3 milhões de dólares (R$16,23 milhões).

Com esse valor já contabilizado, restam cerca de R$151 milhões para arrecadar em vendas. O Flamengo ainda tenta fechar este valor para permanecer com Éverton Ribeiro, que só será vendido em caso dos árabes aceitarem a contraproposta, ou se o valor não for fechado com os demais atletas.