Será que o jornal português que informou no início desta semana que Rogério Ceni será demitido na próxima segunda-feira, logo após o duelo diante do Goiás estará certo? Pelo que podemos perceber até o momento não, ou seria um despiste da direção do Flamengo essa confirmação da permanência do treinador a frente da equipe para ganhar tempo?

Essas e outras perguntas que o torcedor do Rubro-Negro gostariam de fazer a direção do Flamengo só poderão ser respondidas na próxima semana, após o compromisso do time pelo Campeonato Brasileiro - 30ª rodada.

Semana tensa

Como todos já sabem, a semana flamenguista iniciou tensa, com a direção estando reunida por toda a segunda-feira para determinar a saída ou a permanência de Rogério Ceni, a frente da equipe; algo que fora confirmado um dia depois, mas sem convencer muito.

No entanto, mesmo com tamanha cobrança por parte dos torcedores que pedem a demissão do profissional aqui em questão, Marcos Braz, vice-presidente do clube garante a sua permanência, declarando o seguinte nesta quarta-feira:

"Estou com Rogério até o fim. Ele pode saltar do avião sem paraquedas que salto atrás e ofereço proteção", disse o dirigente ao blog do "PVC".

Despiste ou verdade; não sabemos na real, mas uma coisa é certa, essa atitude de Braz só serviu para enfurecer ainda mais os torcedores flamenguistas, que agora pedem a saída do vice-presidente.

Goiás x Flamengo

Vale salientar que Rogério Ceni ao certo terá sua última chance na próxima segunda-feira, diante do Goiás, em uma partida que será de extrema importância para o time carioca para as suas pretensões de título; ao mesmo tempo que se perder, além de dar "adeus" a disputa do Brasileirão, também poderá significar o fim de Rogério Ceni a frente da equipe e quem sabe de Marcos Braz. Veremos!