Derrota para seu maior rival no cenário brasileiro liga alerta dentro do Flamengo. Desapontados com o jogo apresentado diante do Fluminense, nesta quarta-feira, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, onde o Rubro-Negro perdeu a chance de encostar no líder São Paulo, deixaram o ambiente flamenguista carregado, tanto que ao final do jogo o tom de cobranças subiu.

A margem de erros que já era pequena, após essa rodada diminuiu ainda mais para o treinador - Rogério Ceni, que ainda no Maracanã teve uma reunião a portas fechadas com o vice de futebol Marcos Braz e com o diretor Bruno Spindel.

O tom da conversa deve ter sido de cobranças e de erro zero daqui para frente, onde Ceni em sua coletiva pós-jogo destacou o seguinte:

"Sofrendo gols dessa maneira fica difícil. Mas não podemos desanimar nem nos abater. Faltam 10 rodadas, infelizmente tivemos essa derrota. É continuar trabalhando, fazer a vitória acontecer. Não podemos parar".

Dentro da Gávea e do Ninho do Urubu já existem questionamentos quanto a permanência ou não de Rogério Ceni a frente do time do Flamengo para a temporada 2021.

Próximo compromisso

Para tentar melhorar o ambiente interno e sua posição no Brasileirão, o Flamengo que nesta quinta-feira poderá perder uma colocação na tabela em caso de vitória do Inter diante do Ceará, no próximo final de semana terá mais uma chance de colar no líder São Paulo, onde pegará justamente o Ceará, no próximo domingo, no Maracanã; jogo esse que ganhou uma carga extra para Rogério Ceni que já vê perigo em seu cargo.