Diego Alves e Flamengo parecem cada dia mais distantes, ainda mais após o clube reduzir o tempo de contrato e o salário antes já tratados. O goleiro que tem seu vínculo com o Rubro-Negro válido somente até o dia 31 de dezembro, já declarou que não aceitará a última proposta ofertada a ele pelo clube, com valor total de 60% abaixo do que lhe foi dito em outubro passado; isso sem falar no tempo de contrato, que passou de dois para apenas um ano.

Desta forma, Diego Alves abriu as portas para outros clubes que teriam interesse em seu futebol para 2021; enquanto o clube ainda tem alguns dias para pensar se apresenta uma nova proposta ao atleta.

Diante de promessas da direção do Flamengo, o goleiro aqui em questão que está livre no mercado para negociar com qualquer clube de seu interesse e chegou a estancar algumas sondagens; com o impasse sobre a oferta apresentada a ele ainda em outubro, para a última, faz com que ele permita seu empresário a ouvir esses assédios do exterior.

Atuações de Hugo

Para complicar ainda mais a negociação entre as partes, as atuações de seu reserva imediato após esse chegar aos profissionais pesaram ainda mais a favor da direção, que está irredutível quanto sua última proposta ofertada. O que poderá vir a ajudar numa possível renegociação e numa possível permanência de Diego Alves no Flamengo é o posicionamento do técnico - Rogério Ceni, que é favorável a sua permanência, onde esse ressaltou a respeito da importância do profissional como liderança dentro do grupo de jogadores.

Se clube e goleiro não chegarem a um denominador comum, Diego Alves poderá ter ainda somente mais três partidas com a camisa do Flamengo, visto que seu contrato encerra no próximo dia 31. Aguardemos por maiores informações!