Segue trancada a negociação de renovação do contrato entre Diego Alves e Flamengo, que tem pouco mais de um mês para ser resolvida, uma vez que o vínculo do goleiro com o clube carioca se encerra no dia 31 de dezembro. De acordo com as últimas informações a respeito do assunto, quem segue trancando a negociação é o departamento financeiro do clube.

Mesmo tendo algumas propostas, Diego Alves ainda não mudou de ideia e tem sim vontade de permanecer no Rubro-Negro, onde diz estar adaptado a cidade e ao clube, assim sendo, não gostaria de realizar nenhuma mudança neste momento.

Redução na pedida

Vale lembrar que para permanecer no clube, o atleta chegou a aceitar reduzir a sua pedida inicial de salário, concordando com a proposta apresentada pelo departamento de futebol, no entanto, essa negociação foi barrada pela ala da direção que cuida das finanças do clube, tendo inclusive o aval do presidente Rodolfo Landim.

Com o aval do presidente, Marcos Braz e Bruno Spindel que negociam diretamente com o empresário do goleiro, ficaram irritados com a demora para a resolução deste caso, onde na última semana o vice-presidente do Flamengo em entrevista comentou sobre o assunto, deixando bem claro que Diego Alves não tem nada haver com isso.

"Nós fizemos uma proposta, houve um imbróglio, e o Diego é o menos culpado. O prazo é pequeno, mas vamos tentar arrumar uma maneira para que ele fique com a gente por pelo menos um ano e meio ou dois... e nos ajude em mais títulos", declarou o dirigente.

Recém contratado para o lugar que antes era ocupado por Domènec Torrent, Rogério Ceni, novo comandante técnico do Flamengo disse que Diego Alves é importantíssimo para o clube, fazendo questão de exaltar o goleiro em sua chegada ao "Ninho do Urubu".

Se não bastasse a importância colocada sobre o arqueiro, Ceni deposita sobre esse uma credibilidade acima da média para as decisões do seu time, onde a primeira será diante do São Paulo, nesta quarta-feira, em partida válida pelas quartas de final da Copa do Brasil (jogo da volta), no Morumbi, às 18h.

O goleiro ainda é o escolhido pelo treinador para estar em campo diante do Racing, no primeiro jogo válido pelas oitavas de final da Libertadores da América, na próxima semana.