Mesmo o Flamengo tendo declarado na última semana que realizará a compra do atacante Pedro, junto a Fiorentina, o time italiano promete jogo duro nesta questão, uma vez que quer a volta do brasileiro a Itália.

Segundo as últimas informações vindas do "Velho Continente", a equipe italiana não aceitou um novo pedido de empréstimo e também não está aceitando negociar novas condições de pagamento, fazendo assim com que o artilheiro do Flamengo nesta temporada tenha seu futuro em aberto, visto que seu contrato de empréstimo com o clube brasileiro finaliza em dezembro.

16 milhões de euros

Para poder ficar em definitivo com o jovem atacante, o Flamengo terá que desembolsar 16 milhões de euros - algo em torno de R$ 86,8 milhões; sendo que desses, dois milhões de euros são relativos a bônus de empréstimo - valores esses combinados no contrato que ainda está em vigor.

Sem ter atualmente como bancar os 16 milhões de euros de uma só vez, a direção do Flamengo através de Márcio Giugni - empresário do atleta, tenta melhorar as condições deste pagamento, porém, a "Viola" está irredutível e não aceita negociar outros valores. O clube brasileiro chegou a sugerir um novo empréstimo por mais uma temporada, mas o time italiano negou de imediato.

Consultas sobre Pedro

O time italiano diz que nos últimos dias vem recebendo diversas sondagens sobre o atacante brasileiro, tendo clubes como o Porto e o Sporting - de Portugal como os mais interessados no atleta, o que deixou a Fiorentina animada quanto à possibilidade de recuperar o valor investido em Pedro quando de sua aquisição junto ao Fluminense. Mas salientamos que a pedido de seu novo treinador, antes de qualquer possível negociação, ele quer ver como o jogador se sairá vestindo novamente a camisa da "Viola".

Pedro e Flamengo

O jogador que não tem interesse em retornar a Itália, já revelou a seus agentes a vontade de permanecer no Brasil, aonde vem defendendo as cores do Flamengo e com quem já teria um pré-acordo assinado por cinco temporadas.