Está confirmado o que já vínhamos divulgando em nosso site desde as primeiras semanas de paralisação do futebol por conta da pandemia do novo Coronavírus. Com praticamente todas as ligas mundiais sem futebol por pelo menos 90 dias - outras um pouco menos ou um pouco mais, a entidade máxima do futebol mundial - FIFA anunciou nesta sexta-feira as datas da abertura da janela de transferências para a temporada 2020/2021.

Espanha e Inglaterra permanecem com abertura de suas janelas de transferências entre os meses de junho a setembro - a primeira tem o período entre 1º de junho a 1º de setembro, já a segunda terá o mercado da bola aberto no dia 10 deste mês, com o fechamento ocorrendo no dia 1º de setembro. Lembrando que geralmente o mercado da bola abria entre o dia 1º de julho a 31 de agosto.

Já as demais ligas do "Velho Continente" deverão seguir o mesmo período que a Liga Espanhola de Futebol - algo não divulgado. No Brasil, a janela para o mercado da bola ficará aberto entre o dia 1º de julho a 31 de julho - lembrando que em nosso país esta janela de transferências não é a principal e sim a que se abre no final do ano, no entanto, a grande maioria dos clubes brasileiros buscam reforços neste período para a sequência da temporada, onde esses mesmos também sofrem com as saídas de atletas para o exterior - com uma procura maior desses clubes vindo da Europa e também do futebol asiático.

Mercado da Bola teve novos período de abertura, de junho a setembro e não de julho a agosto
Mercado da Bola teve novos período de abertura, de junho a setembro e não de julho a agosto