Com possível maratona dos times assim que voltarem as atividades quando forem permitidos em meio à pandemia do Coronavírus, a FIFA comunicou nesta segunda feira uma alteração temporária nas regras de substituições para lidar com a provável sequência de jogos após a volta do futebol no mundo.

Segundo informações de um porta-voz da entidade máxima do futebol, a FIFA sugeriu que cada equipe possa realizar até cinco substituições por partida; lembrando que atualmente é permitido até três trocas por jogo.

Substituição durante uma partida - Manchester City.
Substituição durante uma partida - Manchester City.

De acordo com a agência de notícias "Reuters", tal medida deverá ainda passar pela aprovação da International Board - órgão que faz a gestão das regras do esporte. A ideia da FIFA é permitir que as equipes possam lidar melhor com o desgaste de seus atletas na volta das competições em todo o planeta, quando as partidas deverão ser disputadas com poucos dias de intervalo.

Depois da aprovação da IFAB - International Board caberá a cada "Liga" o entendimento final da adoção desta nova medida. Porém, é bom ressaltar que para os times não aproveitarem essa decisão para tirarem vantagem durante os confrontos, as substituições deverão ocorrer no intervalo de três interrupções ou entre o final do primeiro e o início do segundo tempo do jogo.

Veja o que diz uma nota enviada pela FIFA a agência de notícia "DPA":

"A segurança dos jogadores é uma das principais prioridades da FIFA. Uma preocupação a esse respeito é que a frequência das partidas pode aumentar o risco de possíveis lesões devido à sobrecarga do jogador. Diante disso e do desafio com o calendário previsto, a FIFA propõe que um número maior de substituições seja temporariamente permitido".