O Montevideo Wanderers - do Uruguai, acaba de comunicar que entrou com uma ação na FIFA contra o Corinthians por atraso no pagamento pela compra do zagueiro Bruno Méndez. A informação foi confirmada no site "Meu Timão" e também pelo site "globoesporte.com".

De acordo com as informações do clube uruguaio, o Corinthians pagou apenas a primeira das três parcelas combinadas na venda de 85% dos direitos econômicos do jogador, negociado por US$ 3,5 milhões - algo próximo a R$ 13,4 milhões, à época. Foi à maior venda da história do clube.

Méndez - zagueiro do Corinthians.
Bruno Méndez - zagueiro do Corinthians.

Diante disso, o "Timão" enviou um comunicado oferecendo um novo acordo de parcelamento, mas o Wanderers não aceitou e procurou a FIFA. Procurado pelo "globoesporte.com" o clube uruguaio se disse otimista em receber o valor devido por meio da entidade máxima do futebol mundial.

Para evitar qualquer tipo de problemas junto a FIFA, o diretor de futebol do clube paulista - Duílio Monteiro Alves declarou o seguinte ao canal "Fox Sports":

"Teve algum problema, sim. Mas preciso confirmar melhor, posso falar com o financeiro. Mas teve sim um problema, eles entraram em contato esses dias dizendo que tinha uma parcela e a gente está correndo atrás de resolver imediatamente - disse o diretor de futebol do clube, à Fox Sports.