Arsène Wenger é apresentado pela FIFA como novo chefe de desenvolvimento do futebol

A missão do francês será supervisionar e impulsionar o crescimento e desenvolvimento do futebol para homens e mulheres em todo mundo.

Por Minha Torcida
Compartilhe

O ex-técnico do Arsenal - que ficou 22 anos a frente da equipe londrina, foi recebido pelo presidente da FIFA - Gianni Infantino, em Zurique, na sede da organização, nesta última quarta-feira. Estamos falando de Arsène Wenger, que foi apresentando no dia de ontem como novo chefe de desenvolvimento global de futebol da FIFA.

O "ex-treinador" chega para ocupar a posição que estava sendo ocupada até bem pouco tempo pelo croata Zvonimir Boban. A missão do francês será supervisionar e impulsionar o crescimento e desenvolvimento do futebol para homens e mulheres em todo mundo. Wenger estará à frente de questões técnicas, tomada de decisões sobre possíveis alterações nas leis do jogo e no incentivo de ex-jogadores profissionais a ingressar na administração dos clubes.

Infantino (presidente da FIFA) e Wenger.
Infantino (presidente da FIFA) e Wenger.

Em sua apresentação Arsène Wenger declarou estava ansioso com o novo desafio em sua carreira:

"Estou ansioso para enfrentar um desafio extremamente importante. Sempre me interessei em analisar o futebol de uma perspectiva mais ampla. Sei que posso contribuir para esse objetivo e colocarei toda a minha energia nisso" disse o ex-comandante dos Gunners.

Vale lembrar que o agora ex-treinador de 70 anos estava fora do mercado de trabalho desde a metade de 2018, quando deixou o comando do Arsenal - clube pelo qual dirigiu durante 22 anos - de 1996 a 2018. Pelo clube londrino, Wenger conquistou três edições do Campeonato Inglês e sete taças da Copa da Inglaterra.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal