Ex-presidente da Federação de Futebol de El Salvador é banido do futebol pela FIFA

A figura da vez foi Reynaldo Vasquez, ex-presidente da Federação Futebolística de El Salvador, que foi acusado por recebimento de propina em negociações comerciais envolvendo jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Mais um ex-dirigente do futebol é banido pela FIFA. A figura da vez foi Reynaldo Vasquez, ex-presidente da Federação Futebolística de El Salvador.

O mesmo foi punido pela entidade máxima do futebol em uma decisão do Comitê de Ética, por corrupção, sendo acusado por receber propina em negociações comerciais envolvendo jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo.

Reynaldo Vasquez - ex-presidente da Federação de El Salvador.Reynaldo Vasquez - ex-presidente da Federação de El Salvador.

Além do banimento do futebol, Vasquez ainda também foi multado em 500 mil francos suíços - algo em torno de R$ 2 milhões. O ex-dirigente de El Salvador foi investigado pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, acusado supostamente de ter recebido propinas entre os anos de 2009 a 2011, sendo então indiciado em dezembro de 2015.

Ainda de acordo com tal investigação, ele teria recebido milhares de dólares em acordos com a agência MediaWorld. Assim que foi indiciado, a justiça norte-americana tenta a sua extradição dos EUA, devendo cumprir pena em seu país por crimes financeiros em outro caso - sem relação com o futebol.

Ainda na última semana, o ex-presidente da Conmebol - o uruguaio Eugenio Figueredo também foi banido do futebol pela FIFA - o mesmo foi declarado culpado por corrupção dentro do futebol, assim como os demais que até agora foram excluídos das atividades esportivas em questão.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal