Atenção! A FIFA acaba de anunciar a exclusão do Auckland City FC - Nova Zelândia, da próxima edição do Mundial de Clubes, a ser disputado já no mês de fevereiro. O real motivo para esse comunicado oficial tem haver com a pandemia do Coronavírus e as medidas sanitárias exigidas pelo país de origem do clube.

A FIFA neste mesmo comunicado diz que tentou viabilizar a presença do clube na disputa do torneio aqui citado, mas as exigências das autoridades do país localizado na Oceania foram maiores que as competências da entidade máxima do futebol mundial, portanto, não se chegou a uma solução para o problema.

Concorrentes ao título do Mundial de Clubes

Com a saída do Auckland City da disputa do Mundial de Clubes da FIFA, agora os concorrentes são os seguintes: Al-Duhail, Al Ahly, FC Bayern Munich, Ulsan Hyundai, Tigres UANL e o vencedor da Libertadores da América - que tem como finalistas o Palmeiras e o Santos (final ocorre no próximo dia 30 de janeiro).

Formato será o mesmo

O formato da competição seguirá o mesmo, tendo apenas o jogo do Al Duhail na segunda eliminatória, e não mais na primeira. O sorteio para definir os confrontos será na próxima semana, no dia 19 de janeiro, em Zurique, às 14h (de Brasília).