Puxada de orelhas em Max Verstappen e na Red Bull Racing por parte da Federação Internacional de Automobilismo - FIA. Mas o porquê disso?

De acordo com as últimas informações vindas da Europa, onde fora realizada a sétima etapa do calendário 2021 da Fórmula 1, Michael Mais - diretor de corridas da FIA desaprovou a comemoração do jovem piloto holandês na reta de chegada do GP da Estíria, na Áustria, onde ele ao se aproximar da bandeira quadriculada desacelerou sua RBR (quase parando) enquanto os mecânicos acenavam no muro do box.

Mesmo esse tipo de comemoração não ser fora das regras da FIA e da própria Fórmula 1, Masi declarou que o local donde o piloto holandês desacelerou sua RBR é considerado local perigoso, avisando que isso não deve se repetir nos próximos GPs.

Regras no Artigo 43.3 do Regulamento Desportivo

De acordo com o livro de regras da Fórmula 1 é aceitável os seguintes tipos de comemorações na bandeirada:

  • Realizar com segurança e não colocar em perigo outros pilotos ou oficiais;
  • Não por em dúvida a legalidade de seu carro;
  • Não atrasar a cerimônia do pódio.

"Não foi uma situação ideal, por isso falei com a equipe imediatamente sobre o fato, que é algo que não será mais tolerado no futuro", declarou Masi quando questionado sobre o assunto.

Verstappen com a vitória - a quarta na temporada, aumentou sua liderança no campeonato mundial de pilotos sobre o seu rival - Lewis Hamilton em 18 pontos; 156 (Verstappen) contra 138 (Hamilton).

Próxima etapa do calendário 2021 da F1

O próximo GP da F1 se dará no mesmo circuito Red Bull Ring, em Spielberg, na Suíça, com a oitava etapa do calendário 2021. Maiores informações no decorrer da semana aqui mesmo neste site.