Por causa do coronavírus CBF estuda anular todos os estaduais em 2020

Por pressão do Ministério da Saúde e por teimosia de alguns dirigentes esportivos que teimam em continuar com seus estaduais, a CBF poderá nas próximas horas tomar uma medida inédita e radical no Brasil.

Por Müller
Compartilhe

Com mais de 200 mil infectados no mundo todo, tendo desses, sete mil mortes, o coronavírus vai atrapalhando a vida dos seres humanos e não somente em sua vida, mas como um todo também, em todas as áreas e nós aqui queremos pegar a do futebol, onde por causa do "COVID-19", o esporte em todos os lugares possíveis está praticamente paralisado.

Aqui no Brasil, praticamente todos os torneios estaduais estão suspensos - com algumas exceções - Amapá, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Roraima e Tocantins seguem com seus estaduais, no entanto, isso parece desumano para os profissionais envolvidos no esporte em questão, uma vez que o nosso país já vive seu 20º dia de crise por causa da pandemia, com mais de 290 pessoas infectadas - segundo os dados do Ministério da Saúde.

Mediante a "teimosia" de alguns dirigentes esportivos é que a Confederação Brasileira de Futebol - CBF, através de seu presidente - Rogério Caboclo e que está sendo pressionado pelo Ministério da Saúde, poderá nas próximas horas tomar uma decisão radical - anular todos os estaduais nesta temporada.

Para o MS, as vidas dos atletas, árbitros, jornalistas e funcionários de estádios estão expostas aos perigos do coronavírus e grande parte deste público, está com medo - sim, com medo, porém, são obrigados a trabalhar por seus clubes e por suas empresas. Sem proteção efetiva de nenhum sindicato nesses estados, é que o mandatário da CBF entendendo a gravidade da situação, com a falta de bom senso dos presidentes destas sete federações, poderá tomar tal medida.

Grenal do Gauchão 2020.
Grenal do Gauchão 2020 - paralisado.

Vale aqui ressaltar que a pressão não vem dos grandes clubes, mas sim dos pequenos - pois os sete estados que ainda continuam com suas atividades normais no futebol, possuem sete votos importantes para a eleição presidencial da CBF e com isso Caboclo está analisando com o secretário-geral - Walter Feldman, a possibilidade de cancelar todos os estaduais em 2020.

É importante dizer aqui que se a crise do coronavírus durar mais duas ou três semanas, não haverá como seguir com essas competições - não haverá datas para as suas conclusões. Isso sem falar que esses pequenos clubes em sua grande maioria são de "alugueis", ou seja, montados por prefeituras e empresários para durarem o tempo destes regionais - três meses.

Com o prolongamento destes, milhares de contratos teriam que ser renovados e não há dinheiro para isso, assim, a ideia que surge neste momento parece ser a mais sensata e viável até aqui, uma vez que o futebol no Brasil tem como ideia retornar somente ao final de abril - tempo muito longo para esses pequenos times que vivem desses três meses de torneios estaduais.

No momento a CBF estuda se essa medida é legal, uma vez que poderá ser inédita em nosso país e ruim, mas de extrema necessidade pelo momento vivido no mundo inteiro. Aguardemos!

Mais sobre: cbf estaduais coronavirus
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal