Clássico Ba-Vi termina antes dos 90' com NOVE expulsões

O clássico baiano foi encerrado antes dos 90 minutos por conta de tumulto e pancadaria.

Por
Compartilhe

Dá para acreditar que o clássico baiano entre Bahia e Vitória - o popular Ba-Vi - foi propagado como clássico da paz? A partida seria disputada com torcida dupla (algo que deveria ser normal, porém, por conta da segurança, estava privado à torcida única) teve pancadaria dentro e fora de campo, a partida foi finalizada aos 34 minutos do segundo tempo e nove jogadores foram expulsos. 

Cenas lamentáveisCenas lamentáveis

O clássico já começou mal nas ruas de Salvador, antes da partida. Treze pessoas foram detidas depois de uma briga ocorrida entre torcedores de Bahia e Vitória.

Dentro de campo, o local perfeito para se dar um bom exemplo de pacificação entre os clubes, virou uma confusão depois do empate do Bahia. O Vitória estava na frente do placar com gol de Denilson. 

Jogo pegado terminou em muita confusãoJogo pegado terminou em muita confusão

Na segunda etapa, aos quatro minutos, o jogador do Vitória desviou escanteio com a mão e o árbitro marcou pênalti para o Bahia. Na cobrança, Vinicius deixou tudo igual no placar, porém, na comemoração, fez gestos obscenos em direção à torcida organizada do Vitória. Os jogadores do Vitória foram para cima e ali começou uma troca de empurrões, socos e agressões lamentáveis. 

Por conta da confusão, o árbitro expulsou sete jogadores, três do Vitória e quatro do Bahia. 

NOVE expulsõesNOVE expulsões

Diante da situação, os jogadores do Vitória peitaram o ábitro, aparentemente, tentando mais expulsões para que a partida fosse encerrada. E assim ocorreu. Bruno Bisco e Uillian Correia foram expulsos e a partida foi encerrada, aos 34 minutos da segunda etapa. O regulamento da CBF define que uma partida de futebol não pode ser disputada com menos de sete (7) jogadores ou com a ausência de um dos clubes disputantes, segundo o Artigo 56. Segue os parágrafos que definem o motivo pelo qual a partida foi encerrada e quem é o vencedor do confronto:

§ 3º - Após o início da partida, se uma das equipes ficar reduzida a menos de sete (7) atletas, dando causa a essa situação, tal equipe perderá os pontos em disputa.
§ 4º - O resultado da partida será mantido, na aplicação do § 3º, se, no momento do seu encerramento, a equipe adversária estiver vencendo a partida por um placar igual ou superior a três (3) gols de diferença; e se tal não ocorrer, o resultado considerado será de três a zero (3 x 0) para a equipe adversária.
§ 5º - Os impedimentos automáticos e as penalidades impostas pelo STJD pendentes de cumprimento pelo clube ou pelos atletas do clube que não deu causa ao W.O., serão considerados cumpridos em ocorrendo quaisquer das hipóteses constantes do caput ou parágrafos deste artigo.

Sendo assim, a vitória foi dada ao Bahia por 3-0. Vale ressaltar que, no momento da expulsão dos jogadores que resultariam no fim da partida, parte da torcida aplaudiu a atitude dos jogadores. 

Esta é mais uma página manchada do futebol brasileiro.

Comentários