Ainda sem a confirmação de Neymar entre os onze que estarão em campo, logo mais a noite na Neo Química Arena, a Seleção Brasileira, enfim, inicia sua caminha pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

O time do técnico Tite irá estrear nesta sexta-feira, às 21h30, diante da seleção boliviana, em São Paulo na busca por um lugar na Copa do Mundo do Catar - que será realizada em 2022 e neste jogo, além de não saber se poderá contar com uma de suas maiores estrelas em campo, o Brasil também verá pela primeira vez em sua história um estádio vazio - sim, sem a presença dos torcedores para apoiar a nossa seleção.

Curiosidade

Essa será a primeira vez na história das Eliminatórias Sul-Americanas que o Brasil irá iniciar sua caminhada na competição jogando a primeira partida em casa; isso complementando com a falta dos torcedores - medida essa que faz parte do protocolo de prevenção contra o novo Coronavírus.

A Eliminatória para a Copa do Mundo do Catar inicia com sete meses de atraso por conta da pandemia que atacou o planeta inteiro e ainda vem fazendo muitas vítimas fatais desde o início deste ano. Fora esse problema mundial de saúde, voltando exclusivamente ao futebol, assim como nos últimos anos, a América do Sul irá em busca de conhecer seus quatro classificados a próxima edição da Copa do Mundo - lembrando que além desses, o quinto colocado irá disputar uma repescagem intercontinental.

O Brasil que nesta noite encara a Bolívia, conta com um retrospecto amplamente favorável, onde em 30 confrontos, a nossa seleção venceu 21 destes, empatou quatro e perdeu cinco. Os bolivianos jamais venceram os brasileiros em território nacional.

Vale salientar também, que com a paralisação do futebol desde março, essa será a primeira partida do Brasil em 2020 - a última partida da seleção sob comando de Tite foi em novembro de 2019, na vitória por 3 a 0 sobre a Coreia do Sul, em Abu Dabi. Já o último jogo oficial se deu em julho do ano passado, ainda pela disputa da Copa América, na final do torneio vencido pelo Brasil por 3 a 1 sobre a seleção peruana, nossa próxima adversária nas Eliminatórias, na semana que vem.

Onde assistir

Com um desempenho ruim na última temporada, embora tenha conquistado a Copa América, o Brasil entra em campo nesta sexta-feira sob desconfiança de seus torcedores, que poderão acompanhar a partida ao vivo pela Rede Globo - a partir das 21h30.

Prováveis escalações

Com a dúvida com relação ao nosso camisa 10, Tite também vive uma dúvida quanto a camisa 1 - que não terá o seu titular absoluto - aqui falamos de Alisson, que está lesionado e foi cortado destes dois jogos da seleção brasileira, assim, o técnico está em dúvida em quem mandar para o gol; estão na disputa os goleiros Weverton (Palmeiras) e Ederson (Manchester City); no entanto, parece que em sua última coletiva Tite tratou de saná-la, colocando o goleiro do Palmeiras como titular para esse primeiro confronto pelas eliminatórias sul-americanas. Desta forma, o Brasil deverá ir a campo com a seguinte equipe: Weverton; Danilo, Thiago Silva, Marquinhos e Renan Lodi; Casemiro, Douglas Luiz e Philippe Coutinho; Neymar (Everton Ribeiro), Everton e Roberto Firmino.

Já os bolivianos que não se classificam para um Mundial desde 1994 e que terminaram a última Eliminatória na lanterna, chegam para esse confronto diante do Brasil com um discurso cauteloso do técnico César Farias, que garante que seu time será competitivo para fazer história nessa competição.

"Não podemos garantir bons resultados, mas estamos aqui para mostrar que podemos competir. Estamos esperançosos", disse ele em sua última coletiva. Desta forma a Bolívia deve entrar em campo na casa do Corinthians para encarar o Brasil com esta escalação: Carlos Lampe; Jesús Sagredo, José María Carrasco, Garbriel Valverde e José Segredo; Carlos Áñez, Raúl Castro, Diego Wayar, Erwing Sánchez e Jhasmani Campos; Carlos Saucedo.