Fundamental para o Dallas Mavericks na temporada, Luka Doncic também está sendo importantíssimo para sua franquia nos playoffs, principalmente nas duas primeiras partidas válidas por essa fase, onde os Mavericks abriram 2 a 0 sobre o forte Los Angeles Clippers.

Ambas as equipes voltam a se encarar nesta sexta-feira - 28 de maio, com o Los Angeles Clippers pressionado para impedir que seu adversário amplie a vantagem que já tem.

Pela fase regular, o Dallas Mavericks ficou com a quinta posição na conferência oeste - com 42 vitórias e 30 derrotas, ficando atrás de seu oponente nos playoffs, que obteve 47 vitórias e 25 derrotas.

No entanto, o início da fase mata-mata vem mostrando uma equipe mais concentrada, com equilíbrio em todos os setores, tanto que já tem torcedores acreditando em uma reedição da campanha de 2011, quando o Dallas foi campeão da NBA - seu único título até aqui.

Naquele ano, a franquia em questão contava em seu esquadrão com o alemão Dirk Nowitzki, um dos melhores jogadores da história do Dallas. Ele foi o grande responsável por conduzir a equipe aos ótimos resultados, sendo decisivo nos confrontos finais contra o Miami Heat.

Além do alemão, o Dallas Mavericks em 2011 ainda contava com outras estrelas em sua escalação, bem como Tyson Chandler e Jason Kidd, onde naquele ano para chegar a grande final, teve que passar por equipes como: Portland, Lakers e Oklahoma City - nos playoffs. Até a grande final, diante do Miami Heat.

Próximo jogo

Mavericks e Clippers se enfrentam nesta sexta-feira, às 22h30 (de Brasília), em duelo válido pelo jogo 3 dos playoffs da temporada 2020/2021 da NBA. A partida será transmitida ao vivo pela ESPN.