Assim como fez logo na largada da Série B, o Cruzeiro agora comandado por Luis Felipe Scolari pode voltar a vencer três jogos em sequência na competição. Para isso, basta que a "Raposa" nesta segunda-feira consiga derrotar o Guarani, no Mineirão, às 20h.

Lembrando que desde que Felipão assumiu o comando técnico do time, esse conseguiu bater o Paraná e o Botafogo-SP em sequência, podendo hoje chegar a sua terceira vitória consecutiva; algo só conquistado nas três primeiras rodadas deste Brasileirão - Série B, ainda sob o comando de Ederson Moreira, que na época descontou os seis pontos retirados pela FIFA - que puniu o time mineiro por conta de pendências junto à entidade máxima do futebol e de quebra ainda deixo a "Raposa" com saldo de três pontos, mas a partir de então, o time celeste não conseguiu mais repetir tal sequência.

Felipão e sua volta ao Cruzeiro

Desde que o profissional aqui em questão retornou a "Toca da Raposa", esse permanece invicto com sua equipe, sendo um empate e três vitórias - contra o Operário-PR, Paraná e Botafogo-SP. O empate foi diante do Náutico.

Desta forma, Felipão hoje no comando técnico do Cruzeiro nesta sua volta conta com um aproveitamento de 83,3% e se possível, pretende mantê-lo ou aumentá-lo hoje à noite, diante do Guarani. Com uma amostra animadora até aqui, se Felipão manter essa média, poderá ao fim do campeonato atingir a marca dos 68 pontos e assim quem sabe levar o Cruzeiro de volta a "elite" do futebol brasileiro.

Nesta segunda-feira, o técnico em questão irá para o seu quinto jogo a frente do Cruzeiro, com a chance real de dobrar a pontuação que tinha o time antes dele assumir o cargo. Antes de Felipão chegar ao time celeste, esse que já havia sido comandado por Enderson Moreira e Ney Franco, havia acumulado apenas 13 pontos em 16 partidas.