Mesmo tendo garantido três pontos diante do Operário-PR na vitória por 1 a 0, na estreia de Felipão a frente do comando técnico do time, nesta última terça-feira, o Cruzeiro matematicamente por hora continua com apenas 1% de chances de vir a conseguir o acesso para a Série A - do Brasileirão em 2021.

Por hora, o time necessita se livrar do risco de queda para a Série C, onde ocupa a 17ª colocação na tabela de classificação - com 16 pontos conquistados, ficando a frente apenas de Figueirense, Botafogo-SP e Oeste.

Segundo o matemático Tristão Garcia - do site "Infobola", a possibilidade hoje do Cruzeiro encerrar entre os quatro primeiros da Série B, é de apenas 1% - conforme já descrito acima, ou seja, são mínimas as chances por hora da "Raposa" conseguir o seu acesso a "elite" do futebol brasileiro nesta temporada.

Distância na tabela

A distância atual do Cruzeiro para o primeiro time dentro do "G-4" é de 11 pontos, onde a Ponto Preta que ocupa atualmente a 4ª colocação na tabela de classificação, está com 27 pontos.

Se a equipe celeste pegar como referência a temporada passada da Série B, onde o Atlético-GO encerrou na quarta colocação, com 62 pontos, o Cruzeiro hoje teria que somar mais 46 pontos em 21 jogos ou 46 pontos em 63 a serem disputados ainda. Isso quer dizer que o time hoje comandado por Luis Felipe Scolari necessita de 15 vitórias e um empate nestes 21 jogos, algo bastante difícil de se imaginar neste momento.