Não resistiu e está na rua! Sim, Enderson Moreira não resistiu à pressão pelos maus resultados obtidos e foi dispensado pela direção do Cruzeiro. A decisão foi comunicada pela direção do clube logo após mais um tropeço do time na Série B - do Brasileirão 2020, onde nesta última segunda-feira o Cruzeiro após sair vencendo o CRB permitiu a esse o empate nos últimos segundos da partida.

Com mais esse empate, o Cruzeiro completa seis jogos em sequência sem vitórias na temporada. Agora resta saber como o clube fará para bancar a multa rescisória de seu ex-treinador, que é de R$ 350 mil, visto que o mesmo já está afundado em uma séria crise financeira.

Voltando a decisão de demitir Enderson Moreira do cargo de treinador, a direção cruzeirense tomou essa decisão em conjunto com o próprio profissional, ainda na noite/madrugada desta segunda para terça-feira na sede do clube, onde estavam presentes Sérgio Santos Rodrigues - presidente, Edson Potsch e Deivid - dirigentes.

Contratado pelo Cruzeiro no dia 18 de março, Enderson Moreira deixa o Cruzeiro após 12 partidas, sendo destas: Seis vitórias, três empates e três derrotas e com o mesmo cenário de quando chegou - com os bastidores em péssima situação.

Pela Série B, o comandante técnico perdeu para a Chapecoense, empatou com o Confiança, perdeu novamente - agora para o América-MG, perdeu para o Brasil de Pelotas e empatou com o CRB - isso somando ainda o empate novamente com o CRB pela Copa do Brasil; totalizando seis jogos sem vitórias nas últimas partidas.

Se não bastassem os maus resultados, a falta de criatividade em campo por parte do time complicou ainda mais a situação do profissional à frente a este, culminando inclusive com o pedido de demissão de Pedro Lourenço (patrocinador forte do clube) após a derrota para o América-MG.

Agora o Cruzeiro que encontra-se em maus lençóis internamente e dentro da Série B - do Brasileirão, irá em busca de um novo treinador que queira assumir essa "bronca"; que é tentar levar o clube celeste de volta a elite do futebol brasileiro em meio ao pior momento deste em sua história.