De acordo com matéria escrita por Jorge Nicola - no site "Yahoo Esporte", o torcedor do Cruzeiro poderá respirar aliviado a partir desta próxima sexta-feira, onde segundo ele, o presidente eleito do clube celeste na última semana promete uma engenharia financeira para quitar dívidas cobradas pela FIFA até o final desta semana.

Com uma pendenga financeira junto à entidade máxima do futebol, cobrada pelo Zorya de R$ 11,3 milhões, Sérgio Rodrigues - novo presidente do Cruzeiro revelou como irá pagá-la para evitar uma nova punição da FIFA e com isso perder mais seis pontos no Brasileirão 2020 - Série B, que ainda nem começou.

A ideia inicial é usar recurso da venda de um de seus atletas do atual elenco e se não houver tempo hábil, Pedro Lourenço - dono da rede de Supermercado BH, já se comprometeu a realizar o depósito do referido valor acima na conta do clube ucraniano - lembrando que o mesmo é o patrocinador máximo do clube celeste e futuro candidato a presidência do Cruzeiro.

Na tentativa de gerar receita rápida ao clube, o presidente do Cruzeiro quer criar campanhas de doações dos torcedores, conforme ele mesmo explica a sua ideia:

"Vamos criar campanhas de doações, mas não vai ser com vaquinhas, e sim na base de transformação digital, com lives e programas do Cruzeiro, por meio do QR Code", declarou Sérgio.

Para encerrar sobre o assunto, ele disse ainda que a resolução dos problemas do clube passa pela torcida e é com ela que o clube vai contar nesse momento.

"Vamos dar um tempo, mas isso será o quanto antes. A resolução dos próximos problemas passa pela torcida, e vamos contar com ela neste momento", finalizou.