Adilson Batista é demitido do Cruzeiro; veja os nomes cogitados para assumir o seu lugar

Depois de perder o clássico para o Atlético-MG e ser derrotado para o CRB - na Copa do Brasil, a direção da "Raposa" optou por dar um fim na segunda passagem do treinador pela "Toca da Raposa".

Por Müller
Compartilhe

Mas já? Sim, Adilson Batista não é mais o comandante técnico do Cruzeiro. Após reunião com o núcleo gestor do clube, realizada na manhã desta quinta-feira, ficou decidido por um fim na passagem do treinador pela "Raposa".

Com apenas oito jogos sob o comando do time nesta temporada, as derrotas no clássico diante de seu maior rival (Atlético-MG) e para o CRB - na Copa do Brasil, custaram o emprego do ex-jogador do clube, que estava em sua segunda passagem como treinador do Cruzeiro (a primeira vez em que ele comandou o time mineiro em questão foi entre os anos de 2008 a 2010).

Para o lugar de Adilson Batista, o Cruzeiro já tem alguns nomes em vista: Guto Ferreira é o favorito; além dele, também estão Enderson Moreira - atual treinador do Ceará e Rogério Ceni - do Fortaleza, que passou pelo clube em 2019.

Adilson Batista - ex-treinador do Cruzeiro.
Adilson Batista - ex-treinador do Cruzeiro.

Por experiência na "Série B", Guto Ferreira tem ganhado força na "Toca da Raposa", uma vez que já subiu diversos clubes para a "Elite do Futebol", bem como a Ponte Preta, Bahia, Sport e Internacional.

Adilson Batista que além de ex-treinador, também foi jogador do clube, tinha seu atual trabalho pela "Raposa" muito questionado, não só pela falta de resultados, mas sim pela forma do time jogar, que, mesmo com um time renovado e jovem, mostrava pouco padrão tático em campo.

Seu aproveitamento nesta sua segunda passagem como treinador do Cruzeiro foi de apenas 38,1%, com 14 jogos ao todo, sendo destes: quatro vitórias, quatro empates e seis derrotas.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal