Alexandre Mattos é mais um a abandonar o Cruzeiro; veja os detalhes de sua decisão

O ex-homem forte do Palmeiras que havia aceitado a missão de auxiliar o Cruzeiro em sua "reconstrução", deixa a sua função no clube mineiro por seguir "princípios".

Por Müller
Compartilhe

Mais um abandona a "barca"! Falo de Alexandre Mattos, que comunicou o Cruzeiro nesta manhã de quinta-feira que não irá auxiliar o time mineiro da forma que estava fazendo. O anúncio é feito quatro dias depois de Mattos aceitar ajudar o clube na fase de transição até ter seu visto de trabalho regularizado na Inglaterra onde tem contrato com time inglês.

"Pedrinho que me levou. Não posso atrapalhar quem entrar no lugar dele. Sempre a disposição do Cruzeiro, mas quem me levou saiu. Não posso ficar por princípios, né?!", declarou Alexandre Mattos em entrevista ao site "globoesporte.com".

Além de Mattos, Pedro Lourenço - vice-presidente também anunciou a sua saída nesta manhã, onde de acordo com o empresário, mesmo deixando o clube neste momento, ele não deixará de auxiliar, não retirando o patrocínio.

Alexandre Mattos.
Alexandre Mattos.

Voltando a Alexandre Mattos, o dirigente comandou a venda de Fabrício Bruno, que movia um processo na Justiça contra o Cruzeiro pedindo a rescisão de contrato. Adiantou as negociações sobre Orejuela e também as saídas de Henrique, Egídio e Marquinhos Gabriel. Também foi decisivo para trazer o atual diretor de futebol do Cruzeiro - Ocimar Bolicenho. Os dois são "velhos conhecidos" e a contratação de Ocimar foi uma indicação de Mattos.

Vale lembrar que antes de Mattos "abandonar" o Cruzeiro, Vittorio Medioli e Pedro Lourenço anunciaram suas saídas e por esse motivo que o ex-homem forte do Palmeiras tomou a mesma decisão; conforme o próprio declarou, por "princípio".

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal