De acordo com que já era esperado, o Cruzeiro anunciou nesta última segunda-feira a permanência do técnico Adilson Batista para 2020.

O comandante, que chegou para as últimas três rodadas do Brasileirão deste ano, na tentativa de evitar o rebaixamento da equipe celeste - sem sucesso, não tinha um contrato firmado para a próxima temporada, vindo agora a assinar um novo vínculo com o clube por um ano.

Adilson Batista (a frente) permanece no comando técnico do Cruzeiro em 2020.
Adilson Batista (a frente) permanece no comando técnico do Cruzeiro em 2020.

O acerto aconteceu durante a tarde desta última segunda-feira em uma reunião na Toca da Raposa 2 entre o vice de futebol - Márcio Rodrigues e o diretor de futebol - Marcelo Djian com o comandante técnico em questão - conforme já declarado em outra matéria a respeito da "Raposa". José Mário Campeiz - preparador físico e Cyro Garcia - auxiliar técnico não foram a Belo Horizonte, mas acertaram os detalhes por telefone e permanecem na comissão técnica.

Em três partidas pelo Cruzeiro em 2019, Adilson Batista sofreu três derrotas e o clube celeste sequer chegou a balançar as redes, culminando no primeiro rebaixamento da história da equipe. Agora, o técnico terá a missão de reformular o elenco e recolocar o Cruzeiro na elite do futebol brasileiro.