Está confirmado! Após anúncio do gestor de futebol do Cruzeiro - Zezé Perrella, o agora ex-técnico do clube mineiro - Abel Braga falou ao público presente na coletiva - na "Toca da Raposa", onde ele se diz "frustrado de não ter conseguido ajudar".

Depois de dois meses a frente do Cruzeiro, com três vitórias, oito empates e três derrotas, Abel Braga se despede ao declarar o seguinte:

"Esse peso e essa frustração é de não ter conseguido. Se tu bota uma equipe e o adversário deu um chute e fez um gol, nós finalizamos 23 vezes e não conseguimos fazer gol. Isso se repetiu contra o Avaí, contra o Fortaleza. Tem que se tentar uma coisa de impacto. Então, eu deixei a direção muito à vontade e com muita clareza. Sei a situação que eu peguei o clube e esse homem que ta aqui (Zezé Perrella), que fez isso tudo, sabe a situação que pegou. Levo esse lamento de ter sido pensado dois meses, de não ter conseguido. Algo que eu era convicto. O Cruzeiro tem um ambiente de jogadores excepcional. Culpa todos têm, mas eu me sinto mais responsável . Obrigado a todos, foi muito curto, gostaria que fosse mais longo, mas lamentavelmente esse é o mundo do futebol e é assim que tem que ser. Peço a Deus que o novo treinador consiga dar o choque eu não consegui", disse Abel.

Com a saída de Abel Braga, o Cruzeiro imediatamente anunciou a chegada de Adilson Batista, que além de ex-jogador do clube, também já trabalhou como treinador, em 2010; voltando agora para tentar dar o "choque" que tanto a direção falou durante a entrevista nestas últimas três partidas que restam a "Raposa" no Brasileirão (Vasco, Grêmio e Palmeiras).