Vice de futebol do Cruzeiro é afastado do cargo por determinação judicial

Segundo a decisão judicial, Itair ficará impedido de praticar qualquer ato de gestão inerente a função no comando do clube mineiro e de se valer dos poderes outorgados a ele no instrumento de procuração firmado pelo clube.

Por Minha Torcida
Compartilhe

As vésperas do primeiro duelo diante do Atlético-MG pelas quartas de final da Copa do Brasil, o juiz Octávio de Almeida Neves - da 12ª Câmara Cível de Belo Horizonte, deferiu um pedido de tutela de evidência recursal feito pelo grupo de conselheiros e associados do Cruzeiro, que pedem o afastamento de Itair Machado do cargo de vice-presidente do clube - com isso, o dirigente está afastado de suas funções por acusação na gestão de Wagner Pires de Sá.

Vale lembrar que o Cruzeiro vive um momento bastante conturbado fora dos gramados, com denúncias de má-administração e desviou de verbas do clube.

Itair Machado - dirigente afastado do Cruzeiro.Itair Machado - dirigente afastado do Cruzeiro.

Segundo a decisão judicial, Itair ficará impedido de praticar qualquer ato de gestão inerente a função no comando do clube mineiro e de se valer dos poderes outorgados a ele no instrumento de procuração firmado pelo clube.

Com o pedido tendo tido entrada em junho, a juíza da 22ª Vara Cível de Belo Horizonte indeferiu os pedidos de "Tutela de Evidência" e "Tutela de Urgência" da ação na última semana - mediante a determinação judicial, os autores da petição entraram no dia de ontem com recurso buscando a reconsideração da decisão anterior.

Segundo as últimas informações, a ação movida por esse movimento é baseada em condenações trabalhistas, previdenciárias e criminais contra o vice de futebol - algo que fere a Lei Pelé e também o Estatuto do Clube, o que impede Itair Machado de exercer a sua função no Cruzeiro.

Através de um comunicado, o vice-presidente do Cruzeiro afastado se manifestou em relação ao caso:

"O caso está entregue aos meus advogados. Nem eles, nem eu falaremos sobre o assunto", declarou.

Assim como Itair, a direção do Cruzeiro também através de uma nota oficial comentou sobre o fato:

"O Cruzeiro Esporte Clube vem a público informar que tomou conhecimento da decisão judicial que determina o afastamento do vice-presidente de futebol - Itair Machado de Souza, das funções, e que tomará as medidas administrativas e jurídicas que o caso requer".

 

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal