Cruzeiro faz empréstimos para sanar divída absurda

Clube tem dívidas somadas em 400 milhões de reais, e um plano de viabilidade financeira estabelecido pela diretoria deve ser aprovado pelo conselho deliberativo do clube.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Com uma situação financeira bem debilitada, o Cruzeiro terá dias muito importantes para definir o rumo do clube nos próximos anos. Com dívidas somadas em mais de 400 milhões de reais, o clube mineiro deve pedir um empréstimo de 300 milhões de reais. Porém, o clube depende de aprovação do conselho deliberativo para tomar esta importante decisão em sua história. 

Este valor iria sanar parte das dívidas, além de focar em dívidas com jogadores, agentes e clubes. Além disso, a diretoria já relatou com os conselheiros do Cruzeiro que o défcit do clube nesta temporada é de 7 milhões de reais.

Algo que facilitaria um desfecho positivo seria a forma de pagamento: O Cruzeiro efetuaria a primeira parcela de pagamento depois de 18 meses, e os valores pagos serão em semestres. Com o dinheiro na mão, a raposa deve procurar seus credores para limpar seu nome na praça e para evitar novas crises financeiras, a diretoria deve apresentar um plano de viabilidade financeira para os próximos anos.

Jogadores como Thiago Neves custam muito aos cofres cruzeirenses.Jogadores como Thiago Neves custam muito aos cofres cruzeirenses.

Este assunto já é tratado com conselheiros há algum tempo. Porém, este parece ser o auge daquilo que aparenta ser a salvação financeira do clube. Mesmo com isso, os patrocinadores ajudam a bancar parte dos salários do elenco atual, mas a busca por um patrocinador máster é uma obsessão do clube para angariar parte dos seus passivos.

Estima-se que, com as novas contratações e um elenco de grife no futebol brasileiro, a folha salarial da raposa esteja perto dos 13 milhões de reais mensais. Jogadores como Fred, Thiago Neves, Rodriguinho, Dodô e Marquinhos Gabriel, além do goleiro Fábio, são os atletas que mais recebem dentro do Cruzeiro, e tem uma pressão incessante por títulos, não só no campo desportivo, mas no campo financeiro, com premiações que devem ajudar a raposa para sair do abismo financeiro.

Mais sobre: cruzeiro
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários