Já em preparação para a temporada 2021, onde mais uma vez tentará buscar seu retorno a "elite" do futebol brasileiro, o Cruzeiro anunciou neste sábado - após o término da Série B, do Brasileirão 2020, o seu mais novo comandante técnico. Trata-se de Felipe Conceição, de 41 anos e que estava à frente do Guarani, de Campinas.

Passagem pelo Bugre

Enquanto esteve à frente do Guarani, Felipe Conceição comandou o "Bugre" em 24 jogos, tendo obtido 11 vitórias, 4 empates e 9 derrotas; um aproveitamento de 51%, no entanto, a direção do Cruzeiro acredita que o profissional em destaque possa ser o nome certo para iniciar a temporada 2021 e levar a "Raposa" de volta a "elite" do futebol nacional neste ano.

Essa mesma direção elogiou os últimos trabalhos de Felipe Conceição, tendo eles dado todas elas como boas, principalmente a frente do RedBull Bragantino, na fase de pontos do Campeonato Paulista no último ano; isso sem falar no trabalho a frente do América-MG, em 2019, quando conseguiu tirar o "Coelho" da zona de rebaixamento a Série C e quase levar esse de volta a Série A; sem sucesso na época ao time mineiro.

Felipe Conceição no Cruzeiro

O nome do novo técnico cruzeirense já estava em pauta em outros tempos, quando a "Raposa" buscava um substituto a Ney Franco - na temporada 2020, mas acabou preferindo a contratação de Felipão, que deixou o time na penúltima rodada da Série B do último ano.

Agora, contratado, tentará levar o Cruzeiro de volta a Série A do Campeonato Brasileiro, mas antes disso terá o Campeonato Mineiro pela frente, e daí por diante quem sabe fazer a equipe mineira voltar as sua glórias.