O "Timão" passou a contar com um novo presidente desde a última quarta-feira, onde Andrés Sanchez solicitou licença do cargo até o final deste mês e assim, Alexandre Husni - vice-presidente assume a função. Vale lembrar que o Corinthians passará no próximo dia 28 de novembro por eleições presidenciais, onde o clube elegerá o seu novo mandatário para os três próximos anos - com esse assumindo somente em janeiro de 2021.

Com ideia de homenagear seus dois vices-presidentes, Andrés não deverá mais voltar a cargo, uma vez que pretende renovar sua licença em dezembro, dando lugar assim a Edna Murad - que assumirá a presidência do "Timão" no próximo mês. Mesmo em licença, Andrés Sanchez não se afastará do clube, seguindo o time em viagens e atuando como uma espécie de diretor de futebol.

Três candidatos concorrem à presidência

Lembramos que pelo lado da situação, Duílio Monteiro Alves concorre à presidência, onde esse deixou o comando de futebol para poder disputar as eleições ao lado de seus concorrentes: Augusto Melo e Mario Gobbi, que também disputam o cargo na eleição do dia 28 deste mês - a escolha caberá aos sócios do clube.