Um dia depois de nós trazermos para vocês aqui em nosso site, os cinco maiores treinadores da história do Corinthians, hoje iremos continuar a contar um pouco mais da vida deste clube que sem dúvidas é um dos grandes do futebol brasileiro. Assim como o time conta com grandes jogadores que representam a história vitoriosa do "Timão", há grandes goleiros que, por conta de sua trajetória com a camisa alvinegra, simbolizam tanto ou mais que os jogadores do meio para a frente.

Com isso, temos o dever e a missão de trazer aqui uma lista com os cinco maiores goleiros de todos os tempos do Corinthians, confiram conosco. Iniciamos contado essa história nos anos 50, com um ícone do futebol brasileiro e do clube paulista aqui em questão.

Os 5 maiores goleiros da história do Corinthians:

Gylmar dos Santos Neves

Um dos grandes nomes do Corinthians na década de 50 e que ajudou o clube a ser reconhecido nacionalmente com a conquista de quatro títulos, entre eles, o Torneio Rio-São Paulo, no ano de 1954. Além desse, Gylmar e a equipe corintiana conquistaram juntos três Campeonatos Paulista - 1951, 1952 e 1954. Pelo clube paulista ele disputou 395 jogos, entre os anos de 1951 a 1961.

Gylmar, um goleiro histórico para o Brasil e para o Timão - Imagem: interner
Gylmar, um goleiro histórico para o Brasil e para o Timão - Imagem: interner

José Benedito Tobias

Guarda-metas do "Timão" nos anos 70. Nome até hoje lembrando pela conquista do Campeonato Paulista de 1977, quando o clube aqui em questão quebrou um jejum de mais de duas décadas sem títulos. Tobias disputou 190 jogos com a camisa do Corinthians entre os anos de 1977 a 1980.

Tobias  - imagem: Lance
Tobias - imagem: Lance

Ronaldo Giovanelli

Sem dúvida um dos maiores goleiros da história do clube. Jogador identificado com o "Timão" em todos os tempos. Tanto que antes da chegada de Cássio (que falaremos daqui a pouco), Ronaldo era indiscutivelmente o maior de todos os goleiros na história do Corinthians. Pelo clube alvinegro, o hoje comentarista do programa "Os Donos da Bola", da Bandeirantes, conquistou cinco títulos, sendo três Campeonatos Paulista (1988, 1995 e 1997), uma Copa do Brasil (1995) e um Campeonato Brasileiro (1990). Por seu clube do coração, o ex-goleiro disputou 602 partidas em mais de 10 temporadas.

Ronaldo Giovanelli, um ícone corintiano - Imagem: ESPN
Ronaldo Giovanelli, um ícone corintiano - Imagem: ESPN

Dida

Pode não ter sido o maior de todos, mas foi um dos mais importantes na história moderna do futebol brasileiro e do clube pelo qual ajudou a conquistar quatro títulos. Frio e eficiente, Dida teve seu tempo no "Timão" marcado pela intensidade, com 94 jogos entre os anos de 1999 a 2002, onde conforme já declaramos acima, conquistou vários troféus pelo clube, entre eles o mais importante na história do Corinthians, o de Campeão Mundial de Clubes da FIFA, no ano de 2000 - o primeiro torneio de clubes válido pela entidade máxima do futebol. Além desse, também conquistou o Brasileirão de 1999, a Copa do Brasil de 2002 e a Taça Rio-São Paulo de 2002.

Dida, uma dos gigantes no gol corintiano - imagem: Youtube
Dida, uma dos gigantes no gol corintiano - imagem: Youtube

Cássio

Ele chegou ao "Timão" no ano de 2012 para se tornar herói, ídolo e o maior entre todos os goleiros que já vestiram essa camisa. Com mais de 400 jogos pelo clube, sua consistência ano pós ano e o número de troféus erguidos o elevam ao patamar que hoje ocupa na história do clube. Goleiro dos títulos da Libertadores de 2012, Mundial de Clubes de 2012, Brasileirão de 2015 e 2017, Campeonato Paulista de 2013, 2017, 2018 e 2019, ele ainda conta com o título da Recopa Sul-Americana de 2013. Ele continua sendo o dono da camisa "número 1" do "Timão" até hoje.

Cássio - o maior de todos - imagem: tudotimão
Cássio - o maior de todos - imagem: tudotimão

Assim contamos um pouco mais da história do Corinthians e se vocês gostaram, compartilhem essa matéria e nos sigam nas redes sociais e em nosso site, pois se gosta de futebol e da história dos esportes, esse é o local certo para você ficar informado todos os dias.