O técnico Tiago Nunes concedeu entrevista coletiva após a derrota do Corinthians por 2x1 para a Ponte Preta. Com atuação extremamente decepcionante, o Timão saiu perdendo por 2x0 na primeira etapa, após erros individuais do jovem atacante Madson e do volante Richard. Sobre isso, o treinador corintiano disse que mesmo com uma boa atuação coletiva, os erros individuais podem causar prejuízo:

"Esse tipo de erro mais simples são situações que atrapalham. Por mais que você faça um jogo competitivo, tenha qualidade de jogo, são momentos determinantes na partida que acabam resultando no placar final. Posso parecer chato, mas penso que em qualquer partida você leva lições. A equipe vai se fortalecendo." disse o treinador.

Além disso, Tiago Nunes afirmou que a primeira etapa foi muito abaixo do esperado, e a principal dificuldade do time foi conseguir barrar os contra-ataques da Ponte Preta:

"Tivemos dificuldades no primeiro tempo para conter o contra-ataque da Ponte Preta, além das questões pontuais nos gols. No meu ponto de vista, foram dois acidentes. No primeiro, a bola bateu, rebateu e sobrou para eles. O segundo, uma saída de bola que dominamos mal a bola. Depois disso, recordo só mais uma chance da Ponte. Nós, soberanos dentro do jogo, não conseguimos transformar as chances criadas em gol." afirmou.

Tiago Nunes lamentou derrota do Corinthians, sobretudo na primeira etapa. (Foto:Divulgação)
Tiago Nunes lamentou derrota do Corinthians, sobretudo na primeira etapa. (Foto:Divulgação)

Agora, o Corinthians enfrenta o Santos, neste domingo, às 11h (Horário de Brasília), em partida válida pelo Campeonato Paulista. Depois disso, no dia 5 de fevereiro, o time paulista visita o Guaraní, no Paraguai, no primeiro jogo da segunda fase preliminar da Copa Libertadores da América:

"Com a Libertadores que se aproxima, com a característica de jogo que vamos enfrentar, não podemos ficar pilhados, temos que manter o controle. Mas tivemos coisas boas no jogo, principalmente o volume de chances criadas. Tenho confiança que vamos continuar crescendo." analisou.