Intenso e criativo, Corinthians empolga em estreia com brilho de Luan

Além do resultado, time do técnico Tiago Nunes mostrou nova identidade e conta com brilho de Luan para começar o ano com vitória.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Em algumas vezes, é necessário mudar convicções para que a evolução seja necessária. Após muitos anos adotando uma postura defensiva e sem muita criatividade, o Corinthians mudou sua metodologia de jogo, e promete dar alegrias para a sua torcida.

A estreia do time na Florida Cup, diante do New York FC, foi importante para o técnico Tiago Nunes mostrar ao torcedor corintiano como será o mecanismo de jogo do time na temporada. Além de realizar alguns testes com jogadores das categorias de base, a estreia de um dos reforços do clube para esta temporada roubou a cena: Trata-se de Luan.

O novo camisa 7 do corintiano recebeu o prêmio de melhor jogador da partida, e não foi por acaso. Em 45 minutos, marcou 2 gols, e foi essencial pra manter a dinâmica do time. Atuando como o ponto de ligação entre o setor de meio-campo e ataque, Luan teve total liberdade para ditar o ritmo do time, e foi o principal responsável por municiar os jogadores de frente do time. Assim, conseguiu ter bom destaque nos 45 minutos em que atuou.

Luan garantiu a vitória do Corinthians no primeiro jogo da temporada. (Foto:Divulgação)
Luan garantiu a vitória do Corinthians no primeiro jogo da temporada. (Foto:Divulgação)

O primeiro tempo da estreia do time paulista na temporada teve o modelo de jogo considerado "ideal" pelo técnico Tiago Nunes. Mesmo com as ausências de nomes como Sidcley na equipe titular, o objetivo da comissão técnica , conforme dito pelo próprio treinador em entrevista coletiva após a partida:

"Sobre o 4-2-3-1, a gente teve mais movimentações, às vezes o beirada vem para dentro, forma um 4-4-2 com quadrado, às vezes forma um losango, às vezes uma rodagem com três, temos uma quantidade de variações de acordo com a movimentação da equipe que podem ser interpretadas de maneira diferente de acordo com a foto do jogo. Queremos interpretações de espaço e movimentos equilibrados, sem perder agressividade para a gente finalizar muito ao gol adversário." explicou o técnico do Timão.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal