Após indefinição, Fábio Carille seguirá sendo o técnico do Corinthians. O técnico corintiano decidiu permanecer e irá cumprir o seu contrato até o fim de 2020. Muito questionado pela torcida corintiana e há sete jogos sem vitórias, Carille sentiu o baque na derrota por 2 a 1 para o CSA, em Maceió, e usou as horas depois da partida para refletir sobre a sequência do trabalho.

Com isso, analisando os fracos resultados e o desempenho muito questionado pela torcida e pela imprensa, o treinador pensou sobre a continuidade do trabalho, conforme circulado pela imprensa paulista. Entretanto, em reunião com o presidente do clube, Andres Sánchez, foi determinado que o trabalho irá prosseguir. O técnico entende que o momento é muito difícil, mas confia na reação do grupo.

Fábio Carille irá permanecer no Corinthians. (Foto:Divulgação)
Fábio Carille irá permanecer no Corinthians. (Foto:Divulgação)

Um ponto que pesou a favor da permanência do treinador é o fator financeiro. Mesmo que esteja insatisfeita com o trabalho, a cláusula de multa rescisória do técnico é de cerca de R$6 milhões, um valor considerado alto pelos dirigentes corintianos. Caso opte pela demissão, o Timão pagaria indenização menor, pois o valor da multa cai a cada mês de vínculo. Mas há ainda cerca de R$ 4 milhões em valores atrasados a receber. Além disso, o entendimento é que não há opções prontas para assumir o time interinamente.

Conforme anunciado pela assessoria do clube, o técnico irá conceder entrevista coletiva nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava. Carille não participou da conversa de alguns dos principais nomes das torcida organizada e alguns jogadores do elenco, para cobrar os recentes resultados dentro do Campeonato Brasileiro.