Boselli mostra descontentamento por não ser titular no Timão e não garante permanência em 2020

“Hoje não há sentido falar, pois ainda não tenho conclusões. Tenho uma forma de pensar e prefiro guardar para mim. Quem pode dar a resposta é o treinador. Acho que quando entrei ou comecei do início fiz as coisas bem", declarou o atacante

Por Minha Torcida
Compartilhe

Boselli não garante permanência no Corinthians para a próxima temporada - quem afirma isso, é o próprio atacante argentino em entrevista coletiva nesta quarta-feira, véspera do duelo diante do Athletico pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com contrato até dezembro de 2020, o jogador declarou que utilizará o mês de dezembro para avaliar as chances de permanecer no "Timão" no próximo ano. Sem conseguir se firmar na equipe titular nesta temporada, ele terá a oportunidade de iniciar a partida nesta quinta-feira, às 19h15, em Itaquera, diante do "Furacão".

Mauro Boselli - jogador do Corinthians.Mauro Boselli - jogador do Corinthians.

"Ainda faltam algumas rodadas para o fim do campeonato, com isso posso fazer uma avaliação, não apenas futebolística. No futebol é normal jogar algumas e não jogar outras. A avaliação é geral, inclui a vida pessoal. Minha família também. Tenho que pensar em tudo, a vida não passa apenas por futebol, há muitas coisas para avaliar. Amanhã teremos um duelo importantíssimo, espero que o técnico me dê chance de começar ou que eu entre no segundo tempo. Quero ajudar nos objetivos", declarou o atacante.

Com certas evidências por não ter uma continuidade na equipe titular, o jogador de 34 anos ao ser questionado porque não é um dos 11 jogadores iniciais, preferiu guardar a resposta para si.

"Hoje não há sentido falar, pois ainda não tenho conclusões. Tenho uma forma de pensar e prefiro guardar para mim. Quem pode dar a resposta é o treinador. Mostro desde o primeiro dia que sou uma pessoa que trabalha, treina bem e mostra dentro de campo, não faço manifestações que possam ser contraproducentes para a equipe. Guardo para mim. Acho que quando entrei ou comecei do início fiz as coisas bem. Quem pode responder é o Carille", finalizou ele.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal