Fábio Carille voltou a se manifestar sobre o que comentou na última semana após a derrota pela Copa Sul-Americana, na vitória por 2 a 1 sobre o Bahia, neste último sábado. Em sua entrevista coletiva, o treinador corintiano voltou a dizer que necessita de jogadores mais cascudos em sua equipe para partidas decisivas, como a da última quarta-feira, quando foi derrotado para o Independiente Del Valle.

Fabio Carille - treinador do Corinthians.
Fábio Carille - treinador do Corinthians.

"Cara, eu sou muito sincero no que digo. O nosso time precisa ser mais cascudo para alguns jogos. E se caísse mal perante o grupo, que algumas chegaram, vocês acham que os caras iam correr hoje como correram? Eu tenho um grupo inteligente, eles sabem o que eu estou falando. Eu tenho a minha opinião, eles têm a deles e respeito isso, assim como eles a minha. A gente vai a campo para trabalhar", declarou o comandante técnico do Corinthians.

Vale lembrar que após a declaração da última semana, Pedrinho rebateu a opinião do treinador e depois da vitória sobre o Bahia, na zona mista do estádio, revelou chateação.

"Soou mal, soou bem, o dia-a-dia mostra isso, os caras correram pra caramba, raça não está faltando em momento algum, pode estar faltando uma melhora tática, pode estar faltando uma parte técnica dos atletas, mas raça, isso não", comentou o jogador.

Na mesma coletiva, Carille desmentiu que teve conversas com Vagner Love antes da partida em decorrência do comentário.

"Teve comentários de que o Love veio falar comigo; não houve nada disso, não sei de onde que tem tanto assunto e a gente está muito concentrado e convicto daquilo que o Corinthians é e do que o Corinthians precisa", finalizou o treinador.