Mais um caso na justiça envolvendo o Corinthians; entenda

Empresa que realizava a limpeza e segurança na Arena Corinthians cobra R$ 5,2 milhões ao "Timão" na justiça.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Mais uma Corinthians? Depois de anunciarmos que o "Timão" estava sendo acionado na justiça por artista que construiu a estátua do Sócrates - ídolo corintiano, no dia de ontem, hoje temo uma nova para os torcedores do clube.

Segundo informações publicadas no site "globoesporte.com", o Corinthians teve mais uma ação executada pela justiça. O clube foi processado pela Tejofran - empresa que estava encarregada de realizar a limpeza na Arena Corinthians até agosto do ano passado e que ingressou no último mês com uma ação na Justiça de São Paulo cobrando R$ 5,2 milhões ao clube paulista.

Andrés Sanches - presidente do Corinthians.Andrés Sanches - presidente do Corinthians.

O valor é referente a parcelas que a companhia de limpeza teria a receber de fevereiro a agosto do ano passado - além de multas e outros encargos.

Pelo contrato assinado entre as partes, o Corinthians teria que pagar R$ 621.062,27 mensalmente a Tejofran - deste montante, R$ 305.553,71 eram referentes aos serviços de projeto de limpeza, conservação com coleta seletiva de lixo e bombeiro civil - o restante era pelo serviço de segurança patrimonial e vigilância.

Na ação, a companhia acima citada argumenta que tentou por diversas vezes entrar em um acordo com a direção corintiana, inclusive anexando alguns documentos que comprovam a veracidade das informações - bem como troca de e-mails. Porém, a Tejofran alega que o Corinthians não se mexeu para tentar solucionar o problema de forma amigável e não vendo outra saída, se viu obrigada a processar o clube.

Novamente procurada, a assessoria de imprensa do Corinthians informou que "até o momento não foi citado e na ocasião certa irá se manifestar".

Mais sobre: corinthians justica acao
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal