Torcedores usam estátua de ídolo corintiano de forma indevida e leva o clube aos tribunais

Através da assessoria de imprensa do Corinthians, o clube não quis se manifestar no momento, pois o “Timão” não foi citado na ação e só vai se manifestar quando for a hora.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Corinthians nos tribunais. O timão está sendo processado por ter supostamente usado uma estátua de Sócrates sem autorização. A acusação está sendo movida por Laercio Alves da Silva, que pede indenização de R$ 300 mil ao Corinthians pelo uso indevido de sua obra, além de danos materiais e morais.

Segundo Laercio, a obra foi levada para o memorial do Corinthians, no Parque São Jorge, em 2016, ficando por lá exposta por seis meses e ainda, conforme o artista, o clube teria manifestado interesse em realizar uma nova amostra e foi firmado um acordo com o pagamento de aluguel simbólico no valor de R$ 250,00.

Socrates.

Só que neste meio tempo, a estátua de Sócrates foi exposta no prédio "oeste" da Arena Corinthians e também exibida ao público no setor "norte" do estádio na partida diante do Santos, no dia 31 de março, quando os torcedores aproveitando o aniversário do "Golpe Militar" para usarem a mesma de forma indevida.

Laercio alega que a estátua foi feita com finalidade econômica e a mesma servia para atrair visitantes a Arena Corinthians, onde ele ainda afirma que chegou a apresentar uma proposta de venda da obra, mas o clube paulista em questão não se mostrou interessado.

Através da assessoria de imprensa do Corinthians, o clube não quis se manifestar no momento, pois o "Timão" não foi citado na ação e só vai se manifestar no momento oportuno.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal