Um dos grandes nomes do atual elenco do Corinthians, o atacante Gustavo, carinhosamente chamado pela torcida como "Gustagol" deve estender seu vínculo com o time paulista. Acertada verbalmente há mais de um mês, a negociação ainda não encontrou desfecho devido a um desencontro de datas e o temor de que a rescisão do atual vínculo para a publicação do novo pudesse deixá-lo irregular em meio à disputa de vários campeonatos no ano.

O diretor de futebol do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, assegurou que o clube está tratando da forma correta a renovação de contrato, e que tudo está caminhando como o desejado:

"Provavelmente (vai ser assinado), já está tudo praticamente certo. Deve ter mais uma semana, duas. Se não for antes da Copa América, vai ser logo na volta. Vai ter uma pausa de dez dias para os atletas. Quando eles retornarem aos treinos, vai estar resolvido", assegurou o diretor de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves. Válido até setembro de 2020, o atual contrato deve ser estendido até o final de 2022, com um aumento no salário e na multa rescisória.

 

Explica-se: normalmente a publicação do novo contrato no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pode levar mais de um dia. O Alvinegro, que enfrentou vários jogos em meios e finais de semana, poderia ficar sem o seu atacante caso isso não acontecesse a tempo de usá-lo em uma partida ou até ser punido se fosse constatada alguma irregularidade.

Gustavo é o artilheiro do Corinthians nesta temporada, e vem retornando de lesão na coxa, quando ficou parado por cerca de um mês. Ele entrou no decorrer da partida diante do Deportivo Lara, da Venezuela, e marcou o segundo gol da equipe, que venceu por 2x0.