Imagem vazada da ata do Banco BMG causa alvoroço nas redes sociais do Corinthians

Ata vazada pelo Banco BMG em relação ao patrocínio fechado com o Timão causou um bom alvoroço na rede-social do clube, que nesta sexta-feira veio a público explicar detalhes da nova parceria.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Uma publicação vazada que dava conta de um novo patrocínio máster do Corinthians deu o que falar nestas últimas horas nas redes sociais do clube.

Uma imagem da camisa do "Timão" com o patrocínio máster do "Banco BMG" pegou muitos torcedores corintianos de surpresa, ainda mais pela divulgação de que o "banco" pagaria somente R$ 12 milhões por ano como valor fixado pela publicidade.

Em questão a essa revelação e ao quanto ela causou nas redes sociais nas últimas horas, a direção do clube paulista divulgou no final da manhã desta sexta-feira o seu posicionamento em relação ao assunto.

Corinthians e BMG fecham uma boa parceria em 2019.Corinthians e BMG fecham uma boa parceria em 2019.

Abaixo veja na íntegra o que diz a nota corintiana:

O Sport Club Corinthians Paulista e o Banco BMG esclarecem o contrato de parceria entre ambos, a partir da divulgação da ata da reunião do Conselho do Banco:

1º - Os valores detalhados do contrato, por normas gerenciais do Banco, como já havia declarado seu principal acionista na entrevista coletiva, deveriam ser mantidas em sigilo até a formalização de procedimentos internos;

2º - Consequentemente, o Clube sempre se limitou a declarar, quando perguntados sobre valores contratuais, o montante do adiantamento inicial, no valor de R$ 30 milhões, além da participação nos lucros. Tal valor foi efetivamente depositado na "Tesouraria do Clube" na última semana;

3º - A Diretoria do Clube sempre enfatizou que este era um contrato inovador, em que o Corinthians exigiu uma participação volumosa nos resultados da parceria e também uma colaboração importante no alívio da sua pressão de caixa;

4º - A solução encontrada foi à ideal; onde conseguimos a participação em metade dos lucros gerados pela nossa base de torcedores nos próximos cinco anos e recebemos a vista o valor de que necessitávamos para completar o ciclo de contratações de jogadores;

5º - A projeção do primeiro ano de contrato já nos coloca a disposição R$ 30 milhões como piso, podendo esses números no final do ano serem ainda melhores;

6º - Insistimos na tese de que este é o melhor contrato que já fizemos e o engajamento da Fiel abrindo contas na nossa plataforma comprovará esta verdade. Que outros clube já estejam batendo as portas do Banco para assinar contratos semelhantes da testemunho do mérito inovador desta parceria.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal