Corinthians fecha o primeiro trimestre de 2018 no vermelho

Para dar mais transparência a gestão do clube, a direção decidiu divulgar os balancetes financeiros mensalmente.

Por
Compartilhe

No “vermelho”! Essa é atual realidade do Corinthians neste primeiro trimestre de 2018. Após fechar o balanço patrimonial de março, o clube constatou que está no vermelho, isso mesmo com as vendas de jogadores. As contas do “Timão” fecharam até março de 2018, em R$ 2,6 milhões negativos.

Esses valores se devem principalmente pelos gastos com o clube social, que teve um resultado negativo na casa dos R$ 8,5 milhões, porém, o departamento de futebol fechou no “azul”, injetando na soma, R$ 38,5 milhões faturados com vendas de jogadores, mesmo assim, as contas não fecharam de forma positivas. Mas existe uma luz no horizonte, visto que as contas de abril devem fechar no azul, já que o “Timão” lucrou cerca de R$ 13,8 milhões com a venda de Maycon ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

Timão ganhou cerca de R$ 13,8 milhões pela venda de Maycon ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.Timão ganhou cerca de R$ 13,8 milhões pela venda de Maycon ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

Mesmo com o balanço negativo no primeiro trimestre, até março deste ano, o clube lucrou R$ 51 milhões com direitos de transmissão de TV, R$ 6,6 milhões com patrocínios e mais R$ 2,4 milhões com o programa “Fiel Torcedor”.

Entretanto, o clube deverá recorrer a empréstimos para honrar compromissos, aumentando ainda mais o seu déficit em 6%. Ainda como medida para reduzir despesas, a direção corintiana estuda a possibilidade de cortar alguns cargos, o que ajudaria na receita mensal, mas seria a solução dos problemas.

Para dar mais transparência a gestão do clube, a direção decidiu divulgar os balancetes financeiros mensalmente – medida essa que foi uma promessa de campanha do atual presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, eleito esse ano.

Comentários