Espanha surpreende e diz querer sediar a Copa do Mundo de 2030 ao lado de Portugal e Marrocos

A Copa de 2030 poderá ter sim candidatura tripla, mas por parte da América do Sul: Uruguai, Argentina e Paraguai.

Por
Compartilhe

Em uma visita do “primeiro ministro” marroquino junto ao governo espanhol, o presidente Pedro Sánchez, aproveitou a oportunidade da visita oficial de Saad Eddine El Othmani, para relatar o desejo da Espanha em sediar a Copa do Mundo de 2030, onde ele quer candidatura “tripla” com Portugal e Marrocos.

Presidente espanhol (a esquerda) e ao lado direito, o primeiro ministro de Marrocos.Presidente espanhol (a esquerda) e ao lado direito, o primeiro ministro de Marrocos.

Sem antes mesmo de consultar a “Real Federação Espanhola de Futebol”, o presidente da Espanha comunicou o seu desejo ao primeiro ministro marroquino e ao Rei Mohamed VI.

“Fiz uma proposta ao governo marroquino de organizar uma candidatura conjunta entre Espanha, Portugal e Marrocos para sediarmos a Copa do Mundo de 2030. Com isso queremos lançar uma mensagem conjunta, com uma candidatura envolvendo dois continentes. O Rei do Marrocos foi receptivo e iremos trabalhar em conjunto com Portugal”, declarou Sánchez em entrevista nesta última segunda-feira.

Sem mesmo ter comunicado “também” o governo português, o mesmos se surpreenderam, onde ainda nesta última segunda-feira, o jornal português “O Jogo” informou que o Ministro da Educação de Portugal – Tiago Brandão Rodrigues desconhecia tal proposta.

“Ainda não fomos comunicados oficialmente sobre tal proposta a uma candidatura tríplice. Pelo que posso entender até mesmo os regulamentos da FIFA não permitem tal feito, porque são duas confederações diferentes”, declarou o ministro.

Se tal proposta sair realmente, essa será a primeira envolvendo países de continentes diferentes, lembrando que uma edição da Copa do Mundo está muito próximo de acontecer entre três países – em 2026, nos Estados Unidos, México e Canadá.

Porém, sem ter sido consultada primeiramente, a Federação Espanhola de Futebol não gostou nada da informação, considerando a mesma surpreendente, visto que o presidente do país não consultou a entidade máxima de futebol e nem mesmo a federação vizinha antes de fazer tal comunicado.

Vale lembrar que a Copa de 2030 poderá ter sim candidatura tripla, mas por parte da América do Sul: Uruguai, Argentina e Paraguai. Com desejo de celebrar o centenário do Mundial no país, que foi a primeira sede da competição, em 1930; pretende novamente sediar o torneio, mas devido a problemas econômicos no país, se aliou a Argentina para levar a candidatura adiante e os dois pretende incluir o Paraguai na proposta.

Além das propostas acima citadas, existe ainda uma “terceira” candidatura a sediar a Copa de 2030 – mais inédita que a apresentada pelo presidente da Espanha – falo de uma candidatura quádrupla, que envolveria a Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda. Há também, o desejo da Coreia do Sul, Egito e Camarões em sediar o torneio – mas todos esses concorrendo separadamente.

 

Mais sobre: copa-do-mundo espanha fifa
Comentários