Blater defende Marrocos como futura sede da Copa do Mundo de 2026

A FIFA parece ser contra a candidaturas conjuntas para sediar os jogos da Copa do Mundo, conforme declarou o ex-presidente da entidade.

Por
Compartilhe

Com pouco mais de três meses para o início da Copa do Mundo, na Rússia, a FIFA começa a pensar no Mundial de 2026 e Marrocos aparece como a mais forte candidata a sediar os jogos.

Joseph Blatter - ex-presidente da FIFA.Joseph Blatter - ex-presidente da FIFA.

Em sua conta no Twitter, Joseph Blatter revelou que a Copa do Mundo de 2026 será sediada no continente africano.

“Copa do Mundo de 2026: As candidaturas conjuntas são rejeitas pela FIFA após 2002. Agora, Marrocos seria a sede mais lógica. Está na hora da África novamente”, declarou o ex-presidente da entidade máxima do futebol em sua conta oficial.

Blatter se referiu à rejeição de candidaturas conjuntas devido aos últimos rumores vindo dos Estados Unidos, Canadá e México, que apresentaram de forma oficial a candidatura unida para sediar a Copa do Mundo de 2026.

O continente africano sediou apenas uma Copa do Mundo até hoje – em 2010, na África do Sul, onde a Espanha venceu a competição pela primeira vez em sua história. A FIFA deseja levar a Copa do Mundo para o continente africano para promover o futebol em locais com pouca estrutura para a prática do esporte.

Comentários