Brasil surpreende no placar e faz bela partida na estreia da Copa do Mudo de Futebol Feminino

Cristiane mostrou porque carrega o título de maior artilheira de Olimpíadas e marcou todos os gols do jogo, garantido a vitória da Seleção. A partida terminou em 3 x 0 para o Brasil.

Por Giovana Brasil
Compartilhe

O domingo foi de fortes emoções para o futebol feminino, com a primeira partida do Brasil na Copa do Mundo. Passava um pouco das dez horas da manhã aqui no País quando as representantes da nossa Nação pisaram no campo do Estádio do Alpes, em Grenoble, na França. Elas entraram em campo confiantes, como se demonstrassem ser uma seleção com muita história na bagagem. Aos 15 minutos do primeiro tempo a experiente e talentosa camisa 11, Cristiane, marcou o que seria o seu primeiro gol na partida. Pouco depois, ainda no primeiro tempo, mais um momento de tirar o fôlego: aos 37 minutos o Brasil teve outra oportunidade de gol, quando Andressa, número 7, bateu uma cobrança de pênalti. A goleira da Jamaica, Schneider, fez uma bela defesa e pegou a bola.

No segundo tempo o Brasil voltou sem nenhuma alteração na equipe. O técnico, Vadão, manteve o mesmo esquema tático, com as jogadoras pressionando a defesa da Jamaica. Foi com esse esquema de pressão que o time brasileiro conseguiu chegar ao segundo gol já aos quatro minutos. O segundo gol brasileiro, e também segundo de Cristiane na partida, deu mais tranquilidade para as brasileiras, que passaram a buscar jogadas de contra-ataque pelos lados do campo, com lançamentos longos em profundidade. Em cobrança de falta, aos 17 minutos, a camisa 11 do Brasil fez o seu terceiro gol no jogo.

Com o jogo em 3 a 0 o técnico optou por fazer algumas substituições, dando oportunidade de jogar, para quem estava no banco, e de descansar, para quem estava em campo. Ele trocou Cristiane por Ludmila, Bia Zaneratto por Geyse e Kathellen por Daiane. No time da Jamaica também houve alterações: o técnico Hue Menzie trocou Mathews por Brown e Carter por Cameron.

Mas não é porque estavam com a vantagem que as jogadoras brasileiras pararam de pressionar e jogar muito. O Brasil teve a chance de fazer o quarto gol aos 34 minutos, quando a zaga da Jamaica falhou. Geyse roubou a bola de Plummer, cruzou na área, Ludmila chegou, mas bateu para fora. Depois deste lance, as brasileiras passaram a segurar a bola, fazendo o tempo passar até a árbitra apitar o fim da partida, aos 49 minutos.

Meninas comemoram Gol / Foto: Fifa
Meninas comemoram Gol / Foto: Fifa

 

Liderança do Grupo

A vitória do Brasil garante a liderança do Grupo C. A seleção soma três pontos e três gols de saldo, ficando à frente da Itália, que venceu a Austrália por 2 a 1, fazendo também três pontos, mas com apenas um gol no saldo. Austrália e Jamaica ainda não marcaram pontos.

Brasil x Austrália

O próximo compromisso da Seleção é na quinta-feira, 13 de junho, às 13 horas (horário de Brasília), em Montpellier, aonde as meninas enfrentam a Seleção da Austrália. É importante lembrar que foram as australianas que eliminaram o Brasil da Copa do Mundo de 2015 - então o confronto tem um gostinho de reparação. Como a Austrália ainda não tem nenhum ponto na tabela, é bem provável que elas venham com tudo para o jogo, então é bom a Seleção estar preparada e pronta para dar tudo de si. Vamos torcer e mandar nossa energia positiva para elas.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal