Buffon emocionado da adeus a Azzura

Em uma segunda-feira nada feliz para a Itália, Gianluigi Buffon emocionado se despede da seleção Azzura.

Por
Compartilhe

Após eliminação para a Suécia e ficar de fora da Copa do Mundo da Rússia, em 2018, Buffon emocionado anuncia adeus a seleção italiana: “Difícil terminar assim”. Além de Buffon, Barzagli e De Rossi também deixam a seleção.

A zebra pintou em Milão; após empate em 0 a 0 com a Suécia, a Itália dá adeus as suas chances de ir a Rússia em 2018 e está fora da Copa do Mundo, fato que não ocorria desde 1958. Mas o que mais marcou a queda da Itália foi à despedida de uma lenda da squadra Azzura – falo de Gianluigi Buffon, que aos 39 anos é o jogador com mais convocações na história da seleção italiana: são ao todo 175, contra 136 de Cannavaro e 126 de Paolo Maldini.

 

A lenda se despede da seleção Azzura.A lenda se despede da seleção Azzura.

Logo que a partida terminou, Buffon não segurou as lágrimas ao anunciar sua saída da seleção italiana.

“É difícil terminar assim. Temos orgulho, força. Nos levantaremos como sempre fizemos. Eu deixo um abraço para todos, especialmente para os que compartilharam comigo este momento. Não sinto muito por mim, mas por todo o futebol italiano. Nós falhamos”, declarou ele.

Pela Seleção da Itália, Buffon dedicou 20 anos de sua carreira, com uma bela história que começou em 1997 quando ainda era um promissor arqueiro do Parma, sendo convocado pela primeira vez pelo então treinador Cesare Maldini. Sua estreia foi em 29 de outubro do mesmo ano, no empate em 1 a 1 com a Rússia, nas eliminatórias para o Mundial de 1998. Na ocasião, Buffon entrou no lugar de outra lenda italiana denominada de: Gianluca Pagliuca. Pela Azzura, o arqueiro viveu um de seus melhores momentos em sua longa carreira, ao conquistar a Copa do Mundo de 2006.

Buffon emocionado deixa o gramado em Milão após a queda da Itália.Buffon emocionado deixa o gramado em Milão após a queda da Itália.

Em sua conta oficial no Twitter, Casillas, companheiro de profissão publicou um texto para o goleiro italiano, onde disse estar triste por ver o amigo chorando.

“Não gosto de ver você assim. Quero te ver como sempre, como o que segue sendo para muitos: uma lenda. Orgulhoso de te conhecer e orgulhoso de poder ter enfrentado você por diversas vezes”, escreveu um dos grandes goleiros do futebol mundial – Casillas.

E não foi só o goleiro espanhol que prestou homenagens ao agora ex-goleiro da seleção italiana; o Twitter oficial da competição também homenageou Buffon ao declarar: “Adeus para a lenda italiana. Para sempre Campeão do Mundo, Gianluigi Buffon”.

 

Comentários