É hoje o grande dia para muitas das seleções que disputam as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, principalmente no cenário sul-americano. Após 17 rodadas, Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela, disputam a última rodada das eliminatóriasda América do Sul.

Até o momento apenas o Brasil já está garantido para os jogos na Rússia - é o primeiro colocado do grupo com 38 pontos. Com uma vaga a menos, cinco seleções brigam por quatro vagas - três diretas e uma para a repescagem. 

De todas as candidatas, a que mais perigo corre é a seleção da Argentina; Messi e companhia depende não depende mais apenas de si. É preciso vencer a qualquer custo e ainda torcer pelo tropeço de Chile (adversário do Brasil) ou Colômbia (adversário do Peru). Vale lembrar que Chile, Colômbia e Peru também brigam pela classificação. A promessa é de jogos bons.

Nas redes sociais, brasileiros fazem campanha para a seleção brasileira perca para o Chile - resultado que praticamente liquidaria as chances argentinas de classificação. Mas Tite já garantiu que "quer deitar em seu travesseiro e dormir tranquilo esta noite", ou seja, quer vencer o jogo para terminar as eliminatórias de forma honrada e digna, sem atrapalhar a vida de ninguém. A partida desta noite é de vida ou morte para a seleção Chilena.

A vida da seleção uruguaia é a melhor depois da brasileira. A Celeste recebe a Bolívia e dependendo da combinação de resultados, se classifica até com um empate. A Bolívia é a penúltima colocada na tabela.

O Paraguai, com 24 pontos, está na sétima colocação mas ainda está de olho na classificação. Enfrentando a Venezuela, no estádio Defensores del Chaco, os paraguaios precisam vencer e torcer por vários resultados paralelos. É difícil, mas não impossível.

Façam suas apostas!