Croácia e Inglaterra decidem hoje quem irá enfrentar a França na final da Copa do Mundo

Após a França despachar a Bélgica nesta última terça-feira, ao vencer a partida por 1 x 0 e ser a primeira finalistas do Mundial; hoje Croatas e Ingleses vão em busca de uma vaga a Final da Copa da Rússia.

Por
Compartilhe

Depois de ver a França se classificar para a grande decisão da Copa do Mundo da Rússia, Croácia x Inglaterra fazem nesta quarta-feira, a segunda semifinal do Mundial, em Moscou, às 15h (horário de Brasília).

A seleção da “Rainha” vai embalada para essa grande decisão ao ritmo do hit “o futebol está voltando para casa” – contando claro, com a ajuda do artilheiro da Copa – o atacante Harry Kane. Já do outro lado vem uma Croácia, que comandada por Luka Modric, tenta entrar para a história dos “Mundiais” com um título inédito – se a Croácia ao menos chegar à final da Copa do Mundo; essa será a primeira vez que ela conseguirá esse feito.

Harry Kane - atacante inglês.Harry Kane - atacante inglês.

 

Mas como essas seleções chegaram a essa semifinal?

Começamos pela Inglaterra – Campeã Mundial em 1966.

O time da Rainha chegou a essa semifinal após derrotar a seleção da Suécia, com um esquema muito bem montado por seu treinador – Gareth Southgate, o famoso 3-5-2; além desse, contou também com a ajuda do artilheiro Kane e com o destaque da Copa – o goleiro Pickford, que antes do Mundial, era muito questionado, mas depois de alguns “milagres” durante o torneio, passou a ser o grande destaque do time – ao lado claro, do artilheiro Kane.

A seleção da Croácia é uma das grandes surpresas da Copa.A seleção da Croácia é uma das grandes surpresas da Copa.

Croácia vem em busca de algo inédito.

A Seleção da Croácia chega as semis depois de vencer os anfitriões da Copa – obviamente que estou me referindo à seleção russa. Depois de 20 anos, a seleção de Modric, Rakitic e Cia, poderão enfim superar a melhor campanha de sua seleção em um Mundial, quando terminaram a Copa da França – em 1998, na terceira colocação. Aliás, a Croácia hoje é a única entre as que ainda podem chegar a “final”, que não conquistou uma Copa do Mundo, visto que a França – primeira finalista e Inglaterra – adversária desta quarta-feira, já possuem um título cada uma.

Alheio as últimas polêmicas que envolveram o zagueiro Vida e o observador técnico, Ognjen Vukojevic, o técnico Dalic em sua última coletiva antes do confronto diante da Inglaterra, preferiu falar somente a respeito do confronto de logo mais à tarde, onde o mesmo garantiu que respeita seu adversário, mas que não o teme.

“Eles têm muitos jogadores jovens com grande ritmo. Há uma sensação de euforia na Inglaterra de que “o futebol está voltando para casa”. Temos grande respeito a eles, mas não temos medo de enfrentá-los”, declarou o técnico croata.

Croácia e Inglaterra se enfrentam nesta tarde de quarta-feira, às 15h, no estádio de Lujniki, em Moscou, pelas semifinais da Copa do Mundo, atrás de uma vaga a grande final do Mundial.

Comentários