Mbappé, exemplo dentro e fora de campo

Kylian Mbappé é parceiro da “Premiers de Cordée”; uma associação que realiza atividades com crianças hospitalizadas e campanhas de conscientização sobre deficiência.

Por
Compartilhe

Sendo considerado o grande destaque da França na partida contra a Argentina, pelas oitavas de final da Copa do Mundo – quando derrotou os “hermanos” pelo placar de 4 a 3; Kylian Mbappé após marcar dois gols nesta partida, foi eleito o melhor do jogo e de quebra se tornou o segundo atleta mais jovem a marcar dois gols em um jogo de mata-mata no Mundial, ficando atrás apenas de Pelé, que aos 17 anos alcançou essa marca.

Mbappé a direita, ao lado de Griezmann.Mbappé a direita, ao lado de Griezmann.

Porém, Mbappé não ficou marcado neste Mundial apenas por marcar dois gols em uma partida de eliminatórias, mas também, por suas atitudes fora de campo. Assim como o jovem atacante francês, os seus demais companheiros recebem da “Federação Francesa” um valor de 20 mil euros por partida, entretanto, o jovem de apenas 19 anos decidiu não ficar com esse valor e sim doar a quantia para uma “Associação de Caridade” diferente após cada partida disputada por sua seleção no Mundial da Rússia, segundo o jornal francês “L’Èquipe”.

Em entrevista coletiva, após uma das partidas já disputas no Mundial, Mbappé declarou o seguinte: “Jogar uma Copa do Mundo é um prazer, porque é um sonho que se torna realidade. Então, sim, há dinheiro em jogo, mas eu não me importo. Eu não jogo por isso. Eu não preciso ser pago para jogar por minha seleção, assim os meus prêmios podem servir para alguma causa social ou humanitária”, disse ele.

Ainda segundo o diário francês, caso a França consiga ser campeã da Copa do Mundo da Rússia, Mbappé deverá doar o seu prêmio de 300 mil euros, bem como outros companheiros seus de seleção, que também pensam em seguir o seu exemplo, como já destacaram Lloris, Matuidi e Varane – que estão pensando em destinar parte da premiação recebida a fins sociais.

Kylian Mbappé não faz isso “para aparecer”, como alguns podem pensar o jovem atacante francês do PSG é padrinho de uma fundação social desde o ano passado – o jogador é parceiro da “Premiers de Cordée”; uma associação que realiza atividades com crianças hospitalizadas e campanhas de conscientização sobre deficiência.

Comentários