Cavani segue sendo dúvidas dentro da Seleção do Uruguai para o confronto das quartas de final diante da França, nesta próxima sexta-feira. Com apreensão, os torcedores uruguaios temem que o herói da classificação a essa fase fique de fora de um dos jogos mais importantes do Uruguai nessa Copa do Mundo.

Sabedores da preocupação de sua torcida, a Federação Uruguaia de Futebol divulgou nesta última terça-feira um boletim de atualização sobre a situação do atacante e o mesmo não trouxe novidades muito satisfatórias para seus torcedores - as última informações sobre o laudo médico do exame realizado pelo jogador na última segunda-feira, nada traz de novidade, uma vez que esse mesmo já havia sido divulgado, informando um edema na panturrilha esquerda do atleta.

De acordo com a Federação Uruguaia, Cavani continua seu tratamento com a fisioterapia, trabalhando em separado do restante do elenco. A mesma ainda informou que repassou as conclusões do laudo ao departamento médico do Paris Saint-Germain, que concluiu que existe uma pequena área de edema na parte interna do músculo gastrocnemius esquerdo.

Não tendo muito que fazer e seguindo assim com sua recuperação, o craque uruguaio terá até a próxima sexta-feira para estar livre do problema físico se quiser estar apto a encarar a seleção da França, nas quartas de final da Copa do Mundo, em Nizhny Novgorod, às 11h (de Brasília). No mesmo dia, a seleção do Brasil encara a seleção da Bélgica, em Kazan, às 15h (de Brasília). Os vencedores dos dois jogos se enfrentam nas semifinais do Mundial da Rússia.