Maradona diz que a "seleção da Argentina sem Messi, é apenas mais um time"

“O presidente da AFA tem que tomar medidas urgentes que ajudem os garotos que estão começando a despontar na seleção. A esses garotos não podemos pedir mais do que fizeram", declarou Maradona.

Por
Compartilhe

O craque argentino Maradona ainda não digeriu mais um fracasso de “sua” Argentina, em mais uma edição da Copa do Mundo. O ex-camisa 10 argentino está decepcionado com a eliminação precoce da equipe.

Em seu programa de TV “De la mano del Diez” para a televisão venezuelana Telesur, Don Diego Armando Maradona mostrou todo seu descontentamento com a eliminação da Argentina nas oitavas de final para a França, onde ele declarou que “a seleção argentina sem Messi, é apenas mais um time”.

“Não existe nada que possa ser recuperado. Mais uma Copa do Mundo que é jogada fora. Passamos por ela e ela nos deixou nada”, declarou Maradona.

Maradona na Copa do Mundo da Rússia.Maradona na Copa do Mundo da Rússia.

O ex-camisa 10 que acompanhou a seleção na Rússia, nunca escondeu o seu descontentamento quanto ao estilo de jogo da equipe e as escolhes de Jorge Sampaoli – técnico da Seleção da Argentina.

“A gente vinha mais ao cinema do que a campo, porque vínhamos ver a crônica de uma morte anunciada. E era verdade. Não temos rumo algum; não sabemos atacar, não sabemos o que fazer quando temos a bola. E os franceses, o contrário: tem saída de contra-ataque, variantes, entradas pela direita e pela esquerda, analisou Maradona.

Ainda sobre o confronto da Argentina diante dos franceses, pelas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia, Maradona destacou a bela partida de Mbappé – autor de dois gols na vitória francesa, onde ele comparou o jovem atacante francês a seu velho companheiro de seleção argentina – Claudio Caniggia.

“Sem querer, a Argentina partiu para o ataque e cometeu um erro grave ao deixar muito espaço para o menino (Mbappé), que é como Caniggia em sua juventude”.

Para finalizar, o ídolo argentino falou sobre o que espera do futuro da seleção de seu país.

“O presidente da AFA tem que tomar medidas urgentes que ajudem os garotos que estão começando a despontar na seleção. A esses garotos não podemos pedir mais do que fizeram. Deram tudo de si. Talvez nós que passamos pelo banco da seleção nos equivocamos”, finalizou Diego Maradona.

Comentários